Poupança

A conta poupança online pode ser uma boa opção?

poupança online

Como todos sabem, a poupança é um dos investimentos mais procurados pelos brasileiros para guardar um “dinheirinho”. Com isso, é necessário atentar-se para as formas de se ter uma conta poupança adequada, que ajude a manter seu objetivo em foco.

Outra parte importante neste processo é, ainda, tentar fugir das eternas filas e burocracia bancária, algo ainda muito enraizado e preocupante no sistema financeiro do país.

Pensando nisso, a conta online pode ser uma boa alternativa, já que o formato digital tenta driblar a dor de cabeça de ficar horas esperando numa fila de banco.

A conta poupança online, para quem não conhece, é uma aplicação semelhante à poupança tradicional. A diferença é que todo o processo de abertura e movimentação pode ser feito de onde a pessoa estiver, bastando acessar um computador ou celular.

Entretanto, antes de pensar em uma conta digital para esse fim, vale analisar se é interessante ou não abrir uma poupança online diante de outras alternativas que o mercado oferece, visto que cabe a cada um entender sua necessidade e buscar o formato que mais se enquadre ao seu estilo de vida.

Como abrir conta poupança online

Abrir uma conta poupança online é bastante simples e prático, algo que atende bem a quem deseja ter suporte rápido e um lugar para guardar dinheiro de maneira segura. Mas, o ideal é deixar claro que o rendimento da poupança é muito baixo em vista de outras aplicações financeiras que possuem rentabilidade melhor com a mesma segurança.

Mesmo assim, entender como se abre uma conta poupança online e quais são as suas vantagens e desvantagens é um bom caminho para começar a investir.

Em 2016, o Conselho Monetário Nacional (CMN) viabilizou a abertura da conta pela internet pelos bancos e, desde então, cada instituição tem adotado uma maneira de conduzir esse serviço junto aos seus clientes.

No geral, os bancos solicitam documento de identificação com foto (RG ou carteira de motorista – CNH), comprovante de residência e, em alguns casos, um comprovante de renda para realizar a abertura da conta. Com essa parte digitalizada, os usuários normalmente registram uma foto via celular para encaminhar no aplicativo do banco, além de responderem a alguns questionamentos para efetivar o cadastro.

Agora, quais são as vantagens e desvantagens da poupança online?

Em primeiro lugar, a segurança pode ser um item levado em consideração. A poupança é garantida pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que cobre depósitos e aplicações de até R$ 250 mil em cada banco em caso de falência.

O segundo ponto é a isenção de Imposto de Renda, que libera o cliente de pagar o IR sobre lucro de até R$ 40 mil. A liquidez, por sua vez, serve para quem precisa sacar o dinheiro a qualquer momento.

Outro ponto analisado por muitas pessoas é o fator simplicidade. Ou seja, não há valor mínimo para investir e não é preciso ter uma conta corrente vinculada.

Partindo para as desvantagens, podemos citar a perda de valor depositado com o tempo. Como os rendimentos podem ficar abaixo da inflação, a poupança chega a gerar uma perda de dinheiro. Para você ter uma ideia, em 2021 o rendimento da caderneta de Poupança foi de 2,94% enquanto a inflação no mesmo período ficou em 10,06%.

O rendimento também é um implicador. Isso porque, se o dinheiro ficar na conta poupança por menos de 30 dias, não gera rendimentos. Além disso, de acordo com a nova regra de cálculo da poupança, o rendimento sempre ficará abaixo da Selic, que é a taxa básica de juros do Banco Central.

O custo de oportunidade também pode ser um diferencial negativo, já que, ao decidir aplicar o dinheiro na poupança, a pessoa deixa lucrar em outras aplicações de renda fixa tão seguras quanto a caderneta.

Com isso, vale observar se abrir uma conta poupança online pode ou não trazer os benefícios que você tanto espera.

(Redação – Investimentos e Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.