Negócios

Lucro líquido da Klabin sobe 35% no 2T22

klabin

A Klabin divulgou nesta quarta-feira (27/07) que no segundo trimestre de 2022, o lucro líquido da companhia subiu 35%, para R$ 972 milhões, 11% maior que o registrado no primeiro trimestre.

A receita líquida da Klabin totalizou R$ 5,039 bilhões no 2T22, crescimento de 24% em relação ao 2T21, como resultado do maior volume de vendas e dos reajustes de preços realizados ao longo dos últimos trimestres em todas as unidades de negócios, compensando o impacto de 7% de valorização do real frente ao dólar nas exportações no mesmo período comparativo.

O EBITDA Ajustado no segundo trimestre de 2022 foi de R$ 1,843 bilhão, 2% superior comparado ao 2T21, excluídos efeitos não recorrentes, reflexo do maior volume de vendas e dos reajustes de preços implementados nos últimos trimestres em todas as linhas de negócio, que mais do que compensaram a pressão nos custos e a valorização do real frente ao dólar no período.

No segundo trimestre de 2022, o volume de produção de celulose totalizou 419 mil toneladas, acima da capacidade nominal da planta.

Já a produção de papéis no 2T22 foi 6% superior na comparação anual. Este desempenho reflete o volume incremental de 90 mil toneladas de containerboard produzido pela MP27, primeira etapa do Projeto Puma II cujo start-up ocorreu em agosto de 2021.

O volume de vendas totalizou 1.009 mil toneladas no segundo trimestre de 2022, 7% acima do mesmo período do ano anterior. O volume vendido de celulose atingiu 424 mil toneladas no trimestre, 6% acima do 2T21, beneficiado pela alta produtividade da fábrica e sólida demanda, principalmente na Europa e EUA.

No segmento de papelão ondulado, apesar do aumento de 5% no volume vendido sequencialmente no 2T22 em relação ao 1T22, na comparação anual foi observada ainda uma acomodação da demanda, refletindo a redução do poder de compra dos consumidores no mercado doméstico em função da alta inflação e da mudança no perfil de consumo mais voltado para serviços após o fim das restrições decorrentes da pandemia.

(Redação – Investimentos e Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.