Bitcoins

PicPay planeja lançar moeda digital própria para pagamentos

picpay

Mais uma empresa decidiu apostar no mundo das criptomoedas. Desta vez, estamos falando do famoso serviço de pagamentos PicPay. O aplicativo anunciou nesta segunda-feira, 11, sua intenção de entrar para o setor de moedas virtuais e já conta com uma nova unidade de negócios direcionada para o assunto.

Segundo a companhia, os planos partem do lançamento de uma corretora que visa negociar ativos digitais e até uma criptomoeda própria, com preço indexado ao real. A empresa de pagamentos afirma que acredita na proposta tecnológica das moedas virtuais e, por isso, não vê como barreira a recente queda desses ativos no mercado.

Para Anderson Chamon, vice-presidente de tecnologia e produtos do PicPay, cripto é uma forma de descentralizar e facilitar pagamentos e serviços financeiros de forma geral. “Queremos ser a empresa que vai popularizar cripto para de fato colocá-la no dia a dia das pessoas”, afirma ele.

Planos da PicPay para o futuro

O aplicativo de pagamento planeja não só oferecer uma plataforma de investimentos e negociações em criptomoedas, bem como armazená-las e usá-las para pagamentos em estabelecimentos conveniados. Além disso, o objetivo também é lançar ativos digitais para serviços financeiros como empréstimos, por exemplo.

Chamon garante que o atual uso da moeda não chega nem perto das oportunidades em pagamentos, modalidades de crédito, entre tantas outras funções. Isso porque, muitas pessoas usam esses ativos no Brasil somente como forma de investimento.

O PicPay lançará a criptomoeda do modelo stablecoin, tipo de ativo digital que tem paridade com outro. Neste caso, a BRC, que rastreará o preço do real.

Oportunidade de trabalho

A empresa afirma que agora é o momento de buscar profissionais de cripto e Web 3, também chamada de “Internet descentralizada”, para aumentar seu time da nova unidade de negócios.

Mesmo sem previsão para lançamento de produtos, a companhia informou que o primeiro serviço será a exchange, para compra e venda de criptoativos.

(Redação – Investimentos e Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.