Negócios

Vulcabras reporta novo trimestre histórico

vulcabras

A Vulcabras reporta mais um trimestre histórico com recorde de faturamento e receita bruta acumulada nos últimos 12 meses ultrapassando R$ 2,7 bilhões. Com faturamento de R$ 760 milhões, 60% superior ao 2T21, a companhia mantém crescimento consistente há oito trimestres consecutivos, registrando assim o melhor trimestre da sua série histórica. Além do recorde de receita, com uma margem bruta de 36,0% (1,9pp acima que o 2T21), uma margem EBITDA de 20,3% e uma margem líquida 15,8%, a Vulcabras apresenta resultados que ratificam o sucesso da execução de sua estratégia focada no mercado de artigos esportivos.

Com consumidores mais preocupados com saúde, conforto e bem-estar nos últimos anos, os artigos esportivos ganharam o dia a dia do brasileiro, ampliando os momentos de uso. Nesse cenário, a transformação estratégica que a companhia iniciou em 2018 ganhou velocidade. Com foco no mercado esportivo e um modelo de negócio verticalizado — que conta com um moderno centro de pesquisa e desenvolvimento de calçados esportivos (o maior da América Latina) e fábricas com tecnologia de ponta, aptas a produzir as melhores tecnologias mundiais — a Vulcabras cresce a cada trimestre, oferecendo um mix de marcas e sortimento de produtos inovadores, que permitem atender às necessidades de todos os perfis de atletas e consumidores, em todas as faixas de preço, ampliando a sua oferta através do varejo multimarcas e dos canais próprios de vendas direta ao consumidor.

Destaques do 2T22

No 2T22 a empresa manteve o forte ritmo de crescimento observado nos trimestres anteriores, em todas as marcas e em todas as categorias. O crescimento de receita na categoria de Calçados Esportivos foi de 56,5%, com destaques relevantes nas três marcas.

Em Mizuno, a primeira coleção de calçados criada e produzida 100% pela companhia teve excelente aceitação do mercado e reforça o potencial de crescimento da marca no Brasil. O conhecimento do consumidor e a competência para o desenvolvimento e produção de produtos esportivos de alta performance pela Vulcabras permitiram a criação de produtos de grande sucesso de vendas que contribuíram para o resultado do trimestre.

Na marca Olympikus, a ampliação do portfólio com produtos para a alta performance na corrida, consolidou a sua presença neste segmento. O Olympikus Corre Grafeno, com tecnologia desenvolvida no centro de pesquisa e desenvolvimento da companhia, trouxe ao mercado o primeiro tênis com placa de propulsão de grafeno do mundo, e que inclusive já ganhou pódio nas maratonas de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, atestando o desempenho do produto em provas de alta performance. Junto com o Corre 2 e o Corre Vento, a marca consolida a sua presença na corrida de alta performance com tecnologias inovadoras.

Em Under Armour, acompanhando o crescimento da categoria de basquete no Brasil nos últimos anos, a marca ampliou a sua atuação além do treino e da corrida e vem investindo para se conectar com este público e ampliar a sua presença no mercado nacional. Além dos modelos do astro Stephen Curry, neste trimestre foi lançado o modelo Buzzer, 100% desenvolvido e produzido pela Vulcabras que vem tendo resultados de venda muito positivos ampliando a sua participação na comunidade de basquete e aumentando a lembrança de marca no país.

A categoria de vestuário e acessórios apresentou aumento de 153,1% na receita em relação ao mesmo período de 2021, seguindo forte ritmo de crescimento em todas as marcas, com ações voltadas para melhora do sortimento e disponibilidade das peças.

O e-commerce das marcas manteve a tendência de expansão acelerada, com crescimento de 121,4% no 2T22 em relação ao 2T21. O robusto resultado do canal se deve à forte expansão das vendas das três marcas operadas pela companhia, suportadas pelos investimentos feitos em 2021 para construção do centro de distribuição localizado em Extrema (MG), dedicado à operação de venda direta ao consumidor.

No mercado externo, os resultados avançaram 107% em relação ao mesmo período de 2021, principalmente, em função das vendas de calçados Olympikus para América Latina.

Todos os indicadores mostram que o crescimento da companhia tem se mantido consistente e constante, demonstrando um modelo de negócio resiliente. ‘Nos últimos anos, a Vulcabras se transformou e mapeou avenidas de crescimento que têm guiado o nosso planejamento. O foco no mercado esportivo permitiu ganhar sinergia nas operações e evoluir não apenas na receita, mas também nas margens’, afirma Wagner Dantas, diretor de Relações com Investidores da Vulcabras. ‘O cenário para o segundo semestre segue positivo, com carteiras de todas as marcas já construídas e com potencial de crescimento, apontando para a continuidade de resultados consistentes’, conclui.

(Redação – Investimentos e Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.