Negócios

Tenda tem prejuízo líquido consolidado no 2T22

Tenda

A Tenda (TEND3), uma das maiores construtoras do programa Casa Verde e Amarela, teve prejuízo líquido consolidado de R$ 114,4 milhões no segundo trimestre de 2022. No 2T21, a companhia fechou com lucro de R$ 33,8 milhões.

Já receita operacional líquida da Tenda totalizou R$ 626,9 milhões no trimestre (-10,3% a/a e +7,8 t/t). A provisão para perdas (PDD) representou 3,9% da receita bruta, um pouco acima do comportamento histórico.

O lucro bruto ajustado do trimestre contabilizou R$ 102,2 milhões e a margem bruta ajustada atingiu 16,3%, sendo 17,4% da marca Tenda. No 2T22, a Tenda registrou um prejuízo de R$ -91,8 milhões com Margem Líquida de -14,8%. No consolidado o lucro líquido do trimestre totalizou R$ -114,4 milhões com Margem Líquida de -18,3%. O lucro por ação desconsiderando as ações em tesouraria finalizou em R$ -4,61.

No 2T22, o EBITDA ajustado da marca Tenda totalizou R$ -12,3 milhões com Margem EBITDA ajustada de -6,3%. No consolidado, o EBITDA ajustado contabilizou R$ -32,3 milhões com Margem EBITDA ajustada de -5,2%.

A companhia finalizou esse trimestre com um resultado financeiro negativo de R$ 32,1 milhões. O desempenho tem sido prejudicado dado que a rentabilidade das aplicações (benchmark 100% CDI) sobre uma posição de caixa livre menor não estão conseguindo fazer frente ao custo de dívida que vem aumentando.

As vendas líquidas encerraram o 2T22 em R$ 577,6 milhões (-33,0% a/a e -3,3% t/t) com velocidade sobre a oferta líquida (‘VSO Líquida’) de 23,2% (-11,0p.p. a/a e -3,3p.p. t/t). A relação distratos sobre vendas brutas encerrou o 2T22 em 23,4% apresentando um aumento de 12,9p.p. na comparação anual e de 3,7p.p. na comparação trimestral.

A Tenda finalizou o 2T22 com R$ 13,6 bilhões em VGV (+12,7% a/a e +1,2% t/t) no seu banco de terrenos. Adquiriu R$ 0,9 bilhões pulverizados entre as regionais e o percentual de compras em permuta continua aumentando e atingiu o patamar de 50,4% (+9,7p.p. a/a e +2,6 p.p. t/t) neste trimestre.

A Tenda lançou 10 empreendimentos no 2T22 totalizando um VGV de R$ 769,1 milhões (-22,0% a/a e +64,6% t/t). O preço médio por unidade lançada contabilizou R$ 201,1 mil (+33,2% a/a, +14,1% t/t).

(Redação – Investimentos e Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.