Bolsas dos EUA perdem terreno com anúncio do Fed

Nos Estados Unidos, os três principais índices de Wall Street recuaram nesta quarta-feira, 16. Após o Federal Reserve publicar o comunicado de sua reunião de política monetária, os indicadores cederam, com a antecipação da projeção do Fed para o primeiro aumento da taxa de juros pós-pandemia.

 

Fed decide manter taxa de juros entre 0% e 0,25%

Nos Estados Unidos, o comitê de política monetária do Federal Reserve, o Fomc (na sigla em inglês), decidiu manter o intervalo da taxa básica de juros americana entre 0% e 0,25%. Essa foi a quarta reunião de política monetária do ano e o resultado veio de encontro com as expectativas do mercado.

Bolsas de Nova York perdem fôlego, Nasdaq cai 0,71%

Nos Estados Unidos, os principais índices de Wall Street encerraram em queda nesta terça-feira, 15. Os dados americanos mostraram uma inflação mais forte e vendas mais fracas no varejo em maio, o que desencorajou os investidores, que já caminham ansiosos à espera da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA).

 

Bolsas dos EUA fecham mistas, Nasdaq e S&P atingem recorde

Nos Estados Unidos, os índices S&P 500 e Nasdaq encerraram em máximas recordes nesta segunda-feira, 14, enquanto o Dow Jones recuou. O motivo foi que a maioria dos investidores se concentrou na reunião desta semana do Federal Reserve, que pode mudar o ritmo acerca de seu panorama inflacionário.

 

EUA têm dia positivo, mas indicadores sobem pouco

Nos Estados Unidos, o dia para os mercados acionários foi de movimento positivo. A semana foi marcada por poucos acontecimentos que instigassem os investidores e por preocupações com a inflação, que podem levar o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) a ajustar sua política monetária mais cedo do que o esperado.

Ações nos EUA fecham em alta, Nasdaq sobe 0,78%

Nos Estados Unidos, as bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira, 10. A sessão foi marcada pela divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de maio, que indicou uma alta acima da expectativa, deixando o Federal Reserve sob pressão. Já o S&P 500 renovou seu recorde histórico de fechamento.

 

Assinar este feed RSS