Sequoia registra receita bruta de R$ 387,2 milhões no 1T21

  •  
Sequoia registra receita bruta de R$ 387,2 milhões no 1T21 Foto: Divulgação

A Sequoia Logística e Transportes S.A. ("Sequoia" ou "Companhia"; B3: SEQL3), uma das maiores empresas operadoras logísticas de e-commerce e tecnologia do país, divulgou hoje os resultados do 1º trimestre de 2021.

A Receita Bruta registrada no 1º Trimestre de 2021 atingiu R﹩ 387,2 milhões, impulsionado principalmente pelo segmento B2C, resultado das mudanças no comportamento dos consumidores desde o início da pandemia, com aumento exponencial do consumo de produtos pelo e-commerce.

O B2B também apresentou crescimento, mesmo com o fechamento das lojas físicas, shoppings e comércio, o que demonstra a evolução da Companhia tanto no aumento do share of wallet em sua base de clientes, como na aquisição de novos clientes de forma orgânica e inorgânica.

Além do crescimento da receita, a Companhia apresentou evolução na margem bruta em relação ao 1T20, reflexo do aumento de produtividade e ganhos de escala na operação, como resultado direto dos investimentos em tecnologia e automação.

Como resultado o EBITDA Ajustado foi de R﹩ 30,6 milhões, expansão de 146% versus o obtido no 1º Tri do ano passado, com ganho de margem de 1,9 p.p..

Importante ressaltar que o primeiro trimestre do ano é sempre impactado pela sazonalidade das linhas de transporte reflexo da sazonalidade do varejo, tendo uma menor diluição dos custos fixos, efeito a ser recuperado ao longo do ano.

Investimentos - Os investimentos da Sequoia são direcionados em sua maioria para expansão/automação de Centros de Distribuição, Hubs e Filiais e tecnologia. No 1T21, o Capex totalizou R﹩ 9,8 milhões, representando 2,5% da receita bruta, em linha com patamar histórico apresentado pela Companhia. O ROIC (Return On Invested Capital) ficou em 35,4% versus 33,7% no 1T/20.

Plataforma SFx (Shipping From Anywhere) - Lançada em novembro de 2020 já são mais de 3,3 mil cidades atendidas no país, com 100% das entregas seguras e rastreadas. Entre novembro de 2020 e março de 2021, foram mais de 700 mil entregas somente por meio da plataforma, que segue em expansão.

Aquisições: Prime (Jan'21); Frenet (Mar'21) e Plimor (Mar' 21) - Desde o início deste ano, a Companhia manteve o ritmo de aquisições estabelecido no pipeline de M&As e concluiu a compra de grandes players do segmento como Prime e Frenet e anúncio de intenção de compra da Plimor.

Follow-On bem-sucedido- A Sequoia concluiu seu primeiro Follow-on que captou R﹩894 milhões, com demanda três vezes superior à oferta original. Desse montante, R﹩ 199 milhões entraram no caixa da Companhia e serão utilizados na estratégia de expansão.

(Redação - Investimentos e Notícias)