Lucro líquido recorrente da Eucatex cresce 524,1% no 2T19

  •  
Lucro líquido recorrente da Eucatex cresce 524,1% no 2T19 Foto: Divulgação Lucro líquido recorrente da Eucatex cresce 524,1% no 2T19

A Eucatex (B3: EUCA3 e EUCA4), uma das maiores produtoras de painéis de madeira do Brasil, que atua também nos segmentos de tintas e vernizes, pisos laminados, divisórias e portas, divulgou na quarta-feira (14) seus resultados do 2o trimestre (2T19).

A receita líquida total da companhia atingiu R$373,0 milhões no segundo trimestre de 2019, ante R$302,0 milhões no 2T18 (+23,5%). As receitas dos segmentos operacionais da companhia também foram positivas: o segmento madeira alcançou 29,9% no 2T19, impactada pelo aumento das vendas físicas, enquanto o segmento de tintas apresentou crescimento de 9,1% no mesmo período comparado ao 2T18.

O crescimento na receita líquida e melhoria da margem bruta, registrados no 2T19, impactaram favoravelmente o lucro líquido recorrente, que somou R$23,4 milhões (+524,1%), crescimento apontado comparando-se ao mesmo período do ano anterior.

No 2T19, o Ebitda recorrente somou R$71,7 milhões, aumento de 32,1% em relação ao alcançado no 2T18 e a margem Ebitda recorrente atingiu 19,2%, crescimento de 1,2pp em relação a igual período do ano anterior.

As vendas físicas do segmento madeira da companhia, somados os mercados interno e externo, no 2T19, apresentaram crescimento de 27,4%, onde os destaques foram os desempenhos de chapa de fibra e T-HDF/MDF, que superaram as expectativas da companhia.

Redução da dívida líquida em R$ 14,3 milhões (-3,3%) em relação ao 1T19, totalizando R$ 421,4 milhões representando 1,6 vezes o Ebitda recorrente anualizado.

No primeiro semestre de 2019, o lucro líquido recorrente foi de R$41,0 milhões, 13.628,5% superior ao mesmo período de 2018, impactado pelo crescimento da receita líquida total em 20,4%, atingindo R$729,5 milhões, assim como pela margem bruta. O aumento da receita líquida total foi resultado do desempenho positivo dos segmentos operacionais da companhia que aumentaram 24,1% no segmento madeira e 9,7% em tintas, no 1S19 comparado ao 1S18.

O Ebitda recorrente somou R$138,3 milhões, aumento de 30,7% em relação ao alcançado no 1S18 e a margem Ebitda recorrente atingiu 19,0%, crescimento de 1,5pp na mesma base de comparação.

(Redação - Investimentos e Notícias)