Lucro líquido da Taesa cresce no 4T20

  •  
Lucro líquido da Taesa cresce no 4T20 (Foto: Pexels) Lucro líquido da Taesa cresce no 4T20

A Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa) anuncia hoje seus resultados do quarto trimestre e do ano de 2020. O lucro líquido da Companhia somou R$ 829,0 MM no 4T20 e R$2.262,9 MM em 2020, maiores em 194,7% e 104,6%, respectivamente, quando comparados os mesmos períodos de 2019.

Já o lucro líquido ajustado do 2020 foi de R$ 1.631,5MM, ex-efeito do CPC 47 de R$ 631,5MM. Após a destinação das reservas legal e de incentivo fiscal, o lucro distribuível totalizou R$ 1.606,4MM (R$ 4,66 / Unit e payout de 98,5% do lucro líquido ajustado e de 71,0% do lucro líquido).

A receita líquida totalizou R$ 382,9 MM no 4T20 e R$ 1.524,8 MM no ano de 2020, registrando um crescimento de 12,8% e 9,4%, respectivamente, em relação aos mesmos períodos de 2019, explicado pela entrada em operação de Miracema, Mariana e dos reforços da Novatrans, aquisição das concessões São João, São Pedro, Lagoa Nova, consolidação do resultado da Brasnorte e pelo reajuste inflacionário do ciclo 2020-2021. Esses efeitos compensaram a queda da RAP de algumas concessões.

O EBITDA totalizou R$ 302,0 MM no 4T20 e R$ 1.249,1MM em 2020, aumento de 17,0% e 8,3% respectivamente. Margem EBITDA ficou em 78,9% no 4T20 (+2,8pp vs 4T19) e em 81,9% em 2020 (-0,8pp vs 2019). Este desempenho é resultado do impacto positivo das aquisições recentes e da entrada em operação de novos ativos, que totalizou aproximadamente R$ 40MMno 4T20 e R$ 165 MM em 2020.

Em 31 de dezembro de 2020, a dívida bruta da Companhia encerrou em R$ 6.111,3 MM, uma redução sequencial de 4,9%. O caixa da Companhia ficou em R$ 905,6 MM (-49,7% versus 3T20), resultando em uma dívida líquida de R$ 5.205,7 MM (+12,6% no trimestre). A relação da dívida líquida / EBITDA ponderado ficou em 3,8x (versus 3,4x no 4T20).

(Redação – Investimentos e Notícias)