Lucro líquido da Equatorial atingiu R$1.401 mi no 4T20

  •  
Lucro líquido da Equatorial atingiu R$1.401 mi no 4T20 (Foto: Pexels) Lucro líquido da Equatorial atingiu R$1.401 mi no 4T20

A Equatorial Energia divulgou hoje os seus resultados do quarto trimestre de 2020 (4T20). O EBITDA Consolidado Ajustado alcançou R$1.677 milhões no trimestre, aumento de 34,8%, impactado principalmente pelas distribuidoras Equatorial Piauí, Maranhão e Alagoas.
A Equatorial encerrou o trimestre com R$ 7,7 bilhões de caixa consolidado, com Dívida Líquida / EBITDA de 2,1x.

No 4T20, a receita líquida atingiu R$ 126 milhões e os custos e despesas operacionais totalizaram R$ 14 milhões, devido a entrada em operação de 100% das SPE'S 1 e 2, ocorridas no 1T20, e entrada em operação das SPE'S 4, 5, 7 e etapa final da SPE 8, ocorridas ao longo do 4T20. O EBITDA regulatório atingiu R$ 112 milhões, com margem de 88%.

Aprovada Revisão Tarifária Extraordinária no Piauí, em dezembro de 2020, com aumento da base de ativos em 4,3x, totalizando R$ 1.671 milhões, e aumento do EBITDA regulatório para R$ 387 milhões, além do reconhecimento da receita de indenização das sobras físicas de R$ 392 milhões (R$ 356 milhões líquidos de impostos) a ser feita com recursos do RGR.

O volume total de energia distribuída atingiu 6.307GWh, com crescimento consolidado de 1,7%em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, com destaque para o Maranhão, Piauí e Alagoas, que tiveram crescimento de 3,4%,2,5% e 2,1%, respectivamente.

No 4T20, os investimentos consolidados da Equatorial (incluindo o segmento de Transmissão, Piauí e Alagoas) totalizaram R$ 917 milhões, 16,9%menores do que os investimentos realizados no 4T19, fruto da proximidade da conclusão dos empreendimentos de transmissão.

De forma consolidada, o lucro líquido da Equatorial atingiu R$ 1.401 milhões no trimestre, 6,9% maior em relação ao 4T19. Se ajustarmos pelos efeitos não recorrentes do trimestre, atingimos R$ 928 milhões, aumento de 29,8%.

(Redação - Investimentos e Notícias)