Embraer apresenta lucro líquido de R$ 26,1 mi no 2T19

  •  
Embraer apresenta lucro líquido de R$ 26,1 mi no 2T19 (Foto: Pexels) Embraer apresenta lucro líquido de R$ 26,1 mi no 2T19

No 2T19, a Embraer entregou 26 aeronaves comerciais e 25 executivas (19 jatos leves e seis grandes) comparado aos 28 jatos comerciais e 20 executivos (15 leves e cinco grandes) entregues no 2T18.

A carteira de pedidos firmes da Companhia atingiu US$ 16,9 bilhões no final do 2T19, acima dos US$ 16,0 bilhões reportados no 1T19. No trimestre, a Embraer atingiu book-to-bill acima de 1X em todas as suas unidades de negócio, liderado pelas vendas no segmento de Aviação Executiva.

No 2T19, o EBIT e EBITDA foram de R$ 101,1 milhões e R$ 259,6 milhões, respectivamente, levando a uma margem de 1,9% e 4,8%. No primeiro semestre de 2019 (1S19), o EBIT e o EBITDA foram de R$ 47,4 milhões e R$ 379,9 milhões, com margens de 0,6% e 4,5%, respectivamente.

No 2T19, a Embraer apresentou Lucro líquido de R$ 26,1 milhões e Lucro por ação de R$ 0,04. O Prejuízo líquido ajustado (excluindo-se impostos diferidos e itens especiais) foi de R$ 57,6 milhões e o Prejuízo por ação ajustado ficou em R$ 0,31. No 2T18, a Embraer reportou um Prejuízo líquido ajustado de R$ 21,4 milhões e um Prejuízo por ação ajustado de R$ 0,12.

No 2T19, a Embraer reportou uma Geração livre de caixa de R$ 2,8 milhões, comparado a uma Geração livre de caixa de R$ 159,7 milhões no 2T18. A Companhia espera que no 2S19, a Geração livre de caixa melhore dada a expectativa de aumento nas entregas de aeronaves e nas entradas de caixa relacionadas a contratos de Defesa & Segurança.

A Companhia encerrou o 2T19 com uma posição de Caixa total de R$ 9.499,1 milhões e um Total de financiamentos de R$ 13.677,7 milhões, resultando em uma dívida líquida de R$ 4.178,6 milhões.

A Companhia reafirma todas as suas estimativas financeiras e de entregas para 2019.

(Redação – Investimentos e Notícias)