Levantamento do Secovi-SP aponta aumento no volume de ações locatícias em julho

De acordo com levantamento feito pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em julho, foram protocoladas na cidade de São Paulo 1.600 ações locatícias, o que representa um aumento de 24% em comparação às 1.290 ações ajuizadas em junho deste ano. Considerando as 1.413 ações registradas em julho de 2019, a alta foi de 13,2%.

Ações judiciais por falta de pagamento do condomínio sobem 19,3% em março

Levantamento realizado em março pelo Secovi-SP junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) mostra aumento no número de ações condominiais na cidade de São Paulo, em comparação com o mês anterior. Foram protocoladas 907 ações por falta de pagamento da taxa de condomínio, 19,3% a mais que os 760 processos ajuizados em fevereiro de 2020. Comparado ao mesmo mês do ano anterior (942 ações), houve ligeira queda de 3,7%.

Aluguel residencial em São Paulo sobe 3,06% em 12 meses

A Pesquisa de Valores de Locação Residencial do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) aponta que o preço médio do aluguel na cidade de São Paulo teve aumento de 3,06% nos últimos 12 meses (entre abril de 2019 e março de 2020). Considerando o mesmo período, a variação dos valores de locação ficou abaixo do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), da Fundação Getúlio Vargas, que registrou alta de 6,81%. Em março, o valor médio de locação apresentou variação negativa de 0,40%.

Preço médio do aluguel sobe 3,89% no acumulado de 12 meses

A Pesquisa de Valores de Locação Residencial do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) registrou alta de 3,89% no acumulado de 12 meses (dezembro de 2018 a novembro de 2019). Considerando o mesmo período analisado, o preço dos aluguéis ficou abaixo do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), da Fundação Getúlio Vargas, que registrou variação de 3,97%.

Mercado de imóveis novos manteve bom desempenho em outubro

A Pesquisa do Mercado Imobiliário, realizada pelo departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), apurou em outubro a comercialização de 3.467 unidades residenciais novas. O resultado foi 14,5% inferior ao total comercializado em setembro (4.055 unidades), mas superou em 23,2% as vendas de outubro de 2018 (2.815 unidades).

Assinar este feed RSS