Ambev anuncia cooperativas de reciclagem que receberão investimentos de até R$ 100 mil

  •  
Ambev anuncia cooperativas de reciclagem que receberão investimentos de até R$ 100 mil Foto: Divulgação Ambev anuncia cooperativas de reciclagem que receberão investimentos de até R$ 100 mil

Reconhecida por sua gestão inovadora, a Ambev contribui para o aumento da reciclagem no país ao emprestar seu conhecimento para profissionalizar as organizações de catadores do país. A cervejaria anuncia hoje (13), Dia Mundial da Reciclagem, as cooperativas com boas práticas selecionadas no projeto Excelência AR que receberão até R$ 100 mil em investimentos, além de um ano de assistência técnica da companhia. São elas: COOPERT (de Itaúna, Minas Gerais), COOPER REGIÃO (de Londrina, Paraná) e ASCORSI (Itapira, São Paulo).

Realizado em parceria com o Movimento Nacional dos Catadores (MNCR), o Excelência AR identificou as cooperativas brasileiras com modelos bem sucedidos em gestão cooperativista e operação de sistemas de coleta, segregação e valorização de materiais recicláveis.

“Na Ambev temos o sonho de unir as pessoas por um mundo melhor. Sabemos que ao emprestar nossos conhecimentos em gestão para profissionalizar as cooperativas de catadores contribuímos para o aumento da reciclagem no país e na geração de renda dos catadores”, afirma Simone Veltri, gerente de relações socioambientais da Ambev. “É muito gratificante comemorar o Dia Mundial da Reciclagem com o anúncio das cooperativas selecionadas pelo Excelência Ambev Recicla”, completa a executiva. "É emocionante. Esse é o reconhecimento do nosso trabalho. É a certeza de que estamos no caminho certo. Muito obrigada, Ambev. Estamos sonhando o mesmo sonho", comemora Verônica Cardoso Costa de Sousa, diretora financeira da COOPER REGIÃO.

A iniciativa faz parte da plataforma Ambev Recicla, estruturada em 2011 com o objetivo de estimular o descarte correto e a reciclagem de embalagens pós-consumo por meio de ações educativas e construção de Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), além de investir em inovação de embalagens sustentáveis.

Nos dois últimos anos, as cooperativas apoiadas pelo programa tiveram um incremento médio de 13% em sua renda. Só em 2015, quase 60% das cooperativas conquistaram um rendimento superior ao salário mínimo e 73% alcançaram um ganho maior do que a média do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

(Redação - Agência IN)