Bolsa dos EUA encerrou a quinta-feira em alta, Nasdaq sobe 0,19%

Nos Estados Unidos, as bolsas de Nova York fecharam com ganhos o dia. Após o pregão mostrar bastante movimentação entre baixas e altas, a sessão terminou com o cenário positivo. As negociações de um novo pacote fiscal estiveram novamente no radar, mesmo não havendo soluções mais concretas sobre o assunto. Os investidores também se atentaram para os balanços corporativos.

Nova York fecha em queda, Nasdaq cede 1,65%

Nos Estados Unidos, as bolsas em Nova York fecharam o dia em queda. Os principais indicadores de Wall Street recuaram na sessão desta segunda-feira, 19, que foi marcada pela falta de novas informações sobre os estímulos fiscais à economia norte-americana, antes da eleição presidencial em 3 de novembro.

 

Bolsa dos EUA fecha em queda, Nasdaq recua 0,47%

Nos Estados Unidos, o principais indicadores fecharam em queda nesta quinta-feira, 15, depois que um aumento nos pedidos semanais de auxílio-desemprego mostrou mais preocupações sobre a fraca retomada econômica do país. Além disso, as esperanças de mais auxílio fiscal antes da eleição também diminuíram, após novos comunicados do governo de Donald Trump.

Bolsas dos EUA recuam após Trump barrar estímulos econômicos

Nos Estados Unidos, as bolsas de valores sofreram queda após declarações de Donald Trump. O presidente americano ordenou, por meio de um comunicado, a suspensão da negociação até às eleições do pacote de estímulos fiscais para combater os impactos da crise do coronavírus. Com isso, os principais indicadores norte-americanos despencaram na sessão desta terça-feira, 6.

Bolsa dos EUA encerra em baixa, Nasdaq perde 2,22%

Nos Estados Unidos, as ações fecharam em baixa nesta sexta-feira, 2, com a notícia de que o presidente dos EUA, Donald Trump, testou positivo para Covid-19. Além disso, os investidores desaceleraram com as incertezas em torno das eleições americanas, e com os riscos ainda graves da pandemia.

 

Wall Street sobe, Nasdaq ganha 1,71% e Dow Jones 0,52%

Nos Estados Unidos, os mercados acionários engataram uma subida nesta terça-feira, 22, puxados por um salto nos papéis da Amazon.com (NASDAQ:AMZN). No entanto, a demora em um novo estímulo fiscal adotado pelo Congresso americano e um aumento no número de casos de coronavírus continuam minando as esperanças de uma recuperação econômica mais rápida.

Assinar este feed RSS