Indústria aquecida volta a contratar, mostra CNI

A pesquisa Sondagem Industrial, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra recuperação do setor em agosto. Desta forma, a atividade industrial se encontra no patamar pré-crise. De acordo com o gerente de Análise Econômica, Marcelo Azevedo, o crescimento da produção industrial no mês passado foi tão disseminado quanto o de julho, mas, desta vez, foi acompanhado pelo crescimento do emprego.

  • Publicado em Economia

Índice de confiança na indústria deverá avançar em setembro

A prévia da Sondagem da Indústria de setembro sinaliza avanço de 7,2 pontos do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação ao número final de agosto, para 105,9 pontos, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Se o resultado se confirmar, esse será o maior valor do índice desde janeiro de 2013 (106,7 pontos).

  • Publicado em Economia

Em julho, indústria cresce em 12 dos 15 locais pesquisados

Em julho de 2020, 12 dos 15 locais pesquisados apresentaram taxas positivas na produção industrial frente a junho, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os maiores avanços foram no Ceará (34,5%) e no Espírito Santo (28,3%).

  • Publicado em Economia

Indústria paulista inicia o terceiro trimestre com crescimento

A indústria paulista vem mantendo o ritmo de recuperação, segundo os resultados de julho do Levantamento de Conjuntura, divulgado nesta segunda-feira (31/8), pela Fiesp e pelo Ciesp. Em julho, os itens vendas e horas trabalhadas registraram forte crescimento. Na passagem de junho para julho, as Vendas Reais subiram 16,8% e as Horas Trabalhadas na Produção registraram aumento de 11,3%. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) atingiu 73,9%, crescendo 4,9 p.p frente à leitura do mês anterior. Os salários reais também apresentaram alta de 4,1% na passagem de junho para julho. Todos os dados estão livres de influências sazonais.

Atividade industrial de julho se aproxima do pré-pandemia

A Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) revela que, em julho, a atividade industrial se aproximou, após três meses consecutivos de alta, dos indicadores registrados antes da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. Alta sustentada nos índices de capacidade instalada e produção retrata a retomada do setor. Diante do cenário, cresce o otimismo e a intenção de investir. O levantamento foi feito com 1.890 empresas de pequeno, médio e grande porte entre os dias 3 e 13 de agosto.

Indústria deverá crescer em agosto, mostra FGV

A prévia da Sondagem da Indústria de agosto sinaliza crescimento de 8,4 pontos do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação ao número final de julho, para 98,2 pontos, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Caso o resultado se confirme, o índice estaria 0,7 ponto acima do valor observado em março (97,5 pontos) e teria recuperado aproximadamente 93% das perdas observadas em março e abril.

Empresário industrial retoma confiança na economia em agosto

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), medido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), ficou em 57 pontos, em agosto, o que significa que a confiança voltou de forma disseminada. Esse patamar é alto, principalmente porque, em abril, o índice despencou e atingiu 34,5 pontos, no pior cenário em dez anos. Além disso, a média histórica do ICEI é de 53,4 pontos. Essa metodologia considera um intervalo de 0 a 100, sendo que todos os valores acima de 50 indicam confiança do empresário e abaixo sua falta de confiança.

Assinar este feed RSS