Cartão de Crédito

Acumule pontos no cartão de crédito e tenha muitos benefícios

pontos no cartão de crédito

Os programas de fidelidade de bancos têm se tornado cada vez mais populares. Com eles, é possível acumular pontos no cartão de crédito e obter diversos benefícios.

Os pontos oferecidos por alguns cartões de crédito ainda são desconhecidos para muitas pessoas. Acumular pontuação em cartões é um dos benefícios que esse meio de pagamento oferece aos seus clientes. Porém, nem todo mundo sabe como fazer isso, nem se vale a pena participar dos programas de fidelidade desses serviços.

Pontos e milhas no cartão de crédito

Um dos formatos desses pontos são as chamadas milhas, que, ao serem transferidos para as companhias aéreas, podem ser utilizados para compras de passagens de avião. No entanto, esse benefício também possui outras opções de uso, como a aquisição de produtos ou serviços variados.

Esta é claramente uma forma de o consumidor tirar maior proveito dos gastos com o cartão, já que com a pontuação ele consegue ter algumas bonificações de volta.

É preciso se atentar para o tipo de cartão e se ele possui anuidade. Não é interessante pagar anuidade em hipótese alguma, entretanto, o cliente consegue negociar essa anuidade com a administradora do cartão para que ela não seja aplicada.

Outro ponto importante é não deixar que esses pontos no cartão de crédito se expirem. Muitas pessoas, por falta de conhecimento, deixam esses pontos vencerem sem nem saber disso, o que significa uma perda importante de dinheiro, pois pontos valem dinheiro.

Só em 2019, por exemplo, o Banco Central divulgou que 43,6 bilhões de milhas foram perdidas por brasileiros que deixaram esses valores expirarem.

Como juntar pontos no cartão de crédito

Primeiramente é necessário entender a diferença entre milhas e pontos no cartão de crédito. Os pontos são uma forma de receber algo em troca pelo gasto feito no cartão. Eles são inseridos em um programa de fidelidade que o seu cartão possui e, por lá, é possível conferir quantos pontos você acumula a cada fatura paga, visto que os pontos são gerados no momento em que você efetua uma compra com o cartão de crédito, mas entram no programa de fidelidade somente quando o pagamento total da fatura é efetuado.

Já as milhas são esses mesmos pontos acumulados, mas convertidos em sites de companhias aéreas, que utilizam efetivamente milhas para emitirem passagens.

A quantidade de pontos por valor gasto costuma variar de um cartão para o outro, de acordo com o nível de benefícios oferecidos e o custo da anuidade. Ou seja, um cartão mais simples, sem anuidade ou com taxas baixas pode oferecer um benefício menor, como 1 ponto creditado a cada 1 real ou 1 dólar gasto. Já um cartão mais elevado, pode oferecer até 4 pontos por real ou dólar gasto.

Pagar contas com o boleto

Uma ótima maneira de acumular pontos é pagar boletos no cartão, vários bancos já possuem esse tipo de funcionalidade. Para saber mais sobre como fazer isso basta acessar o artigo completo: Pagar boleto com cartão de crédito.

Consulta de pontos


Conforme já falamos, cada instituição financeira tem o seu próprio programa de pontos (ou fidelidade como é chamado), que pode ser do banco ou da emissora do cartão. Portanto, basta acessar o aplicativo ou site desse programa e se cadastrar para ter acesso aos seus pontos. Esse valor aparece na fatura do cartão, além de você também poder entrar em contato com a Central de Atendimento do seu cartão de crédito para fazer essa consulta.

Mas, a pergunta é: Vale ou não a pena acumular pontos no cartão de crédito?

O primeiro item a ser analisado é se você está apto a utilizar o cartão. É imprescindível entender que o cartão de crédito não é uma extensão do seu salário, mas somente um facilitador tanto para o acúmulo de pontos, quanto para você conseguir se organizar com suas compras. Ou seja, se você pode comprar no cartão e ainda acumular pontos que depois te trarão outros benefícios, é mais do que interessante tê-lo em mãos.

Todavia, algumas questões devem ser levadas em consideração para fazer a melhor escolha. Além do limite de crédito disponível, o valor das taxas de juros e anuidade são extremamente altos. Por isso, jamais pegue um cartão para deixar de pagar o total da fatura – pagando somente o mínimo, ou atrasando a data de pagamento. Isso é um verdadeiro “tiro no pé”!

O clube de fidelidade disponível também deve ser levado em consideração na hora de optar pelo modelo do seu cartão. São inúmeras as opções e é preciso atenção a alguns fatores:

  • Data de validade dos pontos
    Os programas de pontos costumam colocar um prazo de validade para esses pontos. Por isso, controle de perto esses pontos para usar tudo o que você juntar.
  • Não gaste desnecessariamente para ter mais pontos
    Jamais gaste além do que realmente precisa para ganhar mais pontos no cartão de crédito. O problema é que esse hábito pode levar a compras sem necessidade, causando sérios problemas na organização financeira.
  • Pesquise antes de tomar uma decisão
    Atualmente existem diversas opções de programas de fidelidade, mas cada um vai atender a um tipo de pessoa. Por isso, é importante conhecer seus próprios hábitos de consumo e pesquisar opções disponíveis para você.

No caso das milhas, verifique no seu cartão de crédito em quais programas de companhias aéreas é possível usá-las e se existe alguma promoção vigente para fazer essa transferência de pontos valer mais. No caso de produtos e serviços, vale a pena acompanhar os valores para aproveitar promoções e usar menos pontos para adquirir o produto que deseja.

Veja algumas das opções de cartões de crédito:

  • LATAM Pass Visa Gold
    O cartão de crédito Latam Pass Visa Gold acumula 1,6 pontos por dólar gasto e pode ter a anuidade zerada com gastos acima de R$ 2 mil.
  • Azul Itau Visa Gold
    Com esse cartão também é possível zerar a anuidade a partir de R$ 2 mil, mas ele acumula 1,7 pontos a cada US$ 1 gasto.
  • Santander Elite Platinum
    O Santander Elite Platinum é uma opção para pessoas com renda acima de R$ 7 mil e pode ter a anuidade zerada em faturas a partir de R$ 2 mil para correntistas do banco que estejam cadastrados nos Programas de relacionamento. A cada dólar gasto, o cliente acumula 1,5 ponto.
  • C6 Carbon Mastercard Black
    Esse cartão exige uma renda mínima de R$ 5 mil e pode ter a anuidade zerada com gastos acima de R$ 8 mil. Com ele é possível acumular 2,5 pontos por 1 dólar gasto para trocar em qualquer programa de fidelidade. O diferencial é que esses pontos não expiram.

Vale lembrar que os cartões da categoria black são os mais interessantes, por possuírem maior pontuação. No entanto, é preciso ter renda para adquiri-los ou um bom relacionamento com seu gerente de banco, para que ele lhe proporcione essa experiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.