Porto Seguro aprova distribuição de dividendos de 2020

  •  
Porto Seguro aprova distribuição de dividendos de 2020 Foto: Divulgação Porto Seguro aprova distribuição de dividendos de 2020

A Porto Seguro S.A. (PSSA3) comunica aos senhores acionistas que, conforme deliberações tomadas em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada em 31 de março de 2021 (AGOE), foi aprovada a distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2020 no valor de R$ R$ 844.095.500,09, correspondendo a R$ 2,63196863586, para cada ação emitida pela Companhia, compostos por:

(i) juros sobre o capital próprio (JCP) imputados ao dividendo obrigatório relativo ao exercício de 2020, no valor R$ 318.382.155,19, líquidos de imposto de renda, conforme deliberações do Conselho de Administração que:

(a) em 24 de junho de 2020, declarou JCP, ad referendum da Assembleia Geral Ordinária, a serem imputados ao valor do dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício social de 2020, no valor de R$ 192.175.666,00 bruto, correspondendo a R$ 0,59679777637 por ação (desconsideradas as ações mantidas em tesouraria), creditados contabilmente aos acionistas, em valores líquidos, em 29 de junho de 2020, aos acionistas registrados na referida data, correspondente a 0,50988193190 por ação; e

(b) em 27 de outubro de 2020, declarou JCP, ad referendum da Assembleia Geral Ordinária, a serem imputados ao valor do dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício social de 2020, no valor de R$ 180.206.000,00 bruto, correspondendo a R$ 0,55962046524 por ação (desconsideradas as ações mantidas em tesouraria), creditados contabilmente aos acionistas, em valores líquidos, em 30 de outubro de 2020, aos acionistas registrados na referida data, correspondente a 0,47884271341 por ação;

(ii) dividendos completando o valor do dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício de 2020 no valor de R$ 82.415.458,41 correspondendo a R$ 0,25760941409 para cada ação emitida pela Companhia, sem retenção de imposto de renda na fonte, nos termos do artigo 10 da Lei nº 9.249/95, os quais serão creditados contabilmente aos acionistas nesta data, conforme posição acionária registrada nesta data.

As ações emitidas pela Companhia serão negociadas ex-direito aos dividendos complementares a partir de 1º de abril de 2021.

A Companhia comunica que a AGOE aprovou os pagamentos nos seguintes termos:

(i) em 12 de abril de 2021, será realizado o pagamento correspondente a 65% do valor líquido dos proventos a serem distribuídos, equivalente ao montante de R$ 548.662.075,06 incluindo:

(a) a totalidade dos JCP, já creditados contabilmente aos acionistas, no valor líquido de R$ 318.382.155,19, correspondendo a R$ 0,98872464531 por ação (desconsideradas as ações mantidas em tesouraria);

(b) a totalidade dos dividendos distribuídos para completar o dividendo mínimo obrigatório no valor de R$ 82.415.458,41, correspondente a R$ 0,25760941409 por ação (desconsideradas as ações mantidas em tesouraria); e

(c) parte dos dividendos adicionais ao dividendo mínimo obrigatório, no valor de R$ 147.864.461,46, correspondente a R$ 0,46218607548 por ação (desconsideradas as ações mantidas em tesouraria); e

(ii) considerando as incertezas do mercado, o cenário ainda desafiador e para proteção da liquidez e do caixa da Companhia, até o dia 30 de outubro de 2021, será realizado o pagamento correspondente a 35% do valor líquido dos proventos a serem distribuídos, relativo ao saldo dos dividendos adicionais ao dividendo mínimo obrigatório, no montante de R$ 295.433.425,03, correspondendo a R$ 0,92344850098 por ação (desconsideradas as ações mantidas em tesouraria).

(Redação - Investimentos e Notícias)