B3 inicia negociação do Santander Renda de Aluguéis FII

  •  
B3 inicia negociação do Santander Renda de Aluguéis FII Foto: Divulgação

A B3 anunciou o início das negociações do Santander Renda de Aluguéis (SARE11), um novo fundo imobiliário gerido pela Santander Asset Management.

De acordo com a gestora, o produto amplia a oferta de fundos imobiliários do grupo, no ano passado, lançou o Santander Papéis Imobiliários CDI FII (SADI11) e criou uma área dedicada a este mercado.

A aquisição de empreendimentos imobiliários comerciais e centros de distribuição/logísticos serão os principais destinos para os recursos captados com o fundo. De acordo com a Santander, será dada preferência para imóveis já prontos, localizados nos estados de São Paulo e Rio Janeiro, com possibilidade de alienação, locação ou arrendamento.

'Em 2019 tivemos 70 ofertas públicas de FII, que levantaram juntas mais de R$ 20 bilhões. Com esses lançamentos, disponibilizamos para o mercado um leque de opções muito interessante e que hoje se complementa, com o FII do Santander', afirma Juca Andrade, vice-presidente de Produtos da B3.

'O mercado imobiliário tem participação muito relevante em todas as economias globais desenvolvidas e com juros baixos. Entendemos que neste inédito momento de juros baixos no Brasil a indústria de fundos imobiliários está ganhando a devida relevância', avalia Miguel Ferreira, CEO da Santander Asset Management.

Vale lembrar, que valor de mercado total dos fundos imobiliários na B3 hoje é de aproximadamente R$ 89 bilhões e o volume médio de negociação por dia foi de R$ 114 milhões até novembro de 2019.

Aualmente a B3 possui mais de 200 FIIs admitidos à negociação, com mais de 500 mil investidores com posição no segmento.


(Redação - Investimentos e Notícias)