Trisoft aplica sustentabilidade com materiais reciclados no setor calçadista

Trisoft aplica sustentabilidade com materiais reciclados no setor calçadista Foto: Divulgação Trisoft aplica sustentabilidade com materiais reciclados no setor calçadista

Por meio de seu sistema de fabricação exclusivo e patenteado, a Trisoft desenvolveu a Polydim, marca de não tecidos da Trisoft, reciclados e 100% recicláveis, com diversas aplicações que tornam os calçados mais confortáveis e totalmente sustentáveis.

Entre os objetivos da Trisoft é aliar performance e sustentabilidade aos mais diversos produtos, incluindo calçados, que ganham elementos, como palmilhas e cabedais, leves, duráveis e de alta qualidade, feitos com fibra de poliéster, reciclada e 100% reciclável. Segundo Maurício Cohab, em todas as aplicações de seus produtos, a Trisoft enfatiza sua consciência sócio ambiental e um trabalho que contribui para um futuro mais limpo.

A empresa já retirou do meio ambiente o equivalente a mais de um bilhão de garrafas PET: “enquanto você lê esse texto, milhares de garrafas plásticas que poluiriam rios, mares e cidades estão sendo recolhidas para serem transformadas em matéria prima para nossos produtos”, explica Mauricio. Para o setor calçadista, a Trisoft desenvolveu a Polydim, marca de não tecidos produzidos a partir de fibras 100% poliéster, reciclada e 100% reciclável que, dependendo da aplicação, podem atingir altíssima resistência mecânica, alta estabilidade dimensional e zero deformação.

Entre as aplicações, destacam-se as palmilhas Polypalm, utilizadas ainda na fabricação do calçado, que pesam menos da metade das palmilhas convencionais e superam 50 mil flexões sem deformação, segundo laudo do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). Maurício lembra: “as palmilhas convencionais suportam cerca de 2,5 mil a 3,5 mil flexões. O produto Trisoft é mais flexível e tem metade do peso, perfeito para esportistas e pessoas que precisem caminhar muito e ter um calçado mais leve. Entre as diversas vantagens em relação às palmilhas convencionais, é possível citar:

Não esfarela com o tempo de uso;
Permite maior passagem do ar;
Gera mais conforto;
Melhor acabamento;
Alta performance devido à composição de fibras de poliéster de alta eficiência;
Superfície mais lisa e homogênea;
Ecologicamente correta;
Sustentável e 100% reciclável;
100% pura fibra.

Mauricio enfatiza a utilização dos produtos em calçados para o dia a dia: “imagine o ganho de saúde e qualidade de vida para carteiros, entregadores, leitores de água e energia elétrica, e qualquer pessoas que precise andar muito e pode ter calçados mais adequados, leves, que não deformam e promovem maior bem-estar”.

(Redação - Agência IN)