SP terá pontos de coleta de eletroeletrônicos

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, por meio da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), assinaram hoje (16), um termo de compromisso para logística reversa de produtos eletroeletrônicos de uso doméstico.

Reciclagem de embalagens de agrotóxicos depende da correta tríplice lavagem

Desenvolvido pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), o Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos já retirou do campo mais de 13,4 milhões de embalagens. O material segue da casa do produtor paracentrais de recebimento e triagem credenciadas pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV). Mas as embalagens só podem ser recicladas se o produtor auxiliar no processo realizando a tríplice lavagem.

 

Jumpark Jundiaí lança campanha de reciclagem de cartões

O Instituto Brasileiro do PVC, em parceria com a Plastivida e com a R.S. de Paula, dá início à campanha de coleta de cartões de PVC que não tenham mais uso, no Jumpark Jundiaí, o maior e mais completo “trampolim park” sustentável da América Latina.

Usina Recicladora da Proguaru armazenará cimento verde

Engenheiros da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A) e do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) reuniram-se na terça-feira, 22, na Usina Recicladora de Resíduos da Construção Civil (RCC), que fica no Cabuçu, Guarulhos, Grande São Paulo, e definiram o local onde ficarão armazenados o "cimento verde" e os agregados que serão utilizados na estrutura do pavimento da rua Miguel Biondi, localizada em Torres de Tibagy.

Projeto Caminho da Reciclagem chega a Ribeirão Preto

Os moradores de Ribeirão Preto (SP) poderão conhecer entre os dias 16 de agosto e 03 de setembro o projeto ‘Caminho da Reciclagem’, iniciativa da Tetra Pak em parceria com o Carrefour. A instalação itinerante tem como objetivo estimular o descarte correto de embalagens longa vida, além de apresentar ao público características sustentáveis do produto, que é fabricado predominantemente com materiais de fontes renováveis, sendo totalmente reciclável.

Embalagens vazias de agrotóxicos com destino certo

A logística reversa sempre foi um fator de preocupação do setor do tabaco. Antes mesmo da legislação que obriga a devolução das embalagens de agrotóxicos tríplice lavadas, o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) já desenvolvia um programa itinerante pioneiro no Sul do Brasil. Prestes a comemorar 17 anos em outubro, o Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos já retirou do campo mais de 13,4 milhões de embalagens. Todo este material segue da casa do produtor para centrais de recebimento e triagem credenciadas pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV).

Assinar este feed RSS