Indústria de transformação recicla 240t de aço anualmente

Indústria de transformação recicla 240t de aço anualmente (Foto: Divulgação) Indústria de transformação recicla 240t de aço anualmente

Ciente de sua responsabilidade socioambiental, a Açovisa, empresa referência em distribuição de aço, mantém, de forma permanente, algumas iniciativas em prol do meio ambiente. A principal delas é o processo de reciclagem de toda “sobra” de material transformado: no total, a indústria, com sede em Guarulhos e mais 13 filiais instaladas em 11 estados pelo Brasil, reinsere no mercado aproximadamente 20 toneladas de aço ao mês (ou 240 t ao ano), provenientes dos cortes realizados internamente, que serão novamente transformados em barras laminadas, trefiladas e forjadas.

O prédio matriz, localizado em Guarulhos, foi projetado para proporcionar melhor aproveitamento da luz natural e aderiu à pintura do telhado em branco (One Degree Les), que tem como objetivo diminuir a temperatura do interior dos ambientes em cerca de 6° graus e, consequentemente, a redução do consumo de energia com ar condicionado e ventiladores.

Além disso, a Açovisa também possui parceria com cooperativas de coleta seletiva, além de utilizar óleo vegetal nas máquinas e abastecer sua frota de caminhões apenas com biodiesel.

O sócio fundador da Açovisa, Andreis Bassi de Melo, destaca que a reciclagem traz uma economia não apenas na extração do minério de ferro em si, mas na produção como um todo, além do valor ecológico imediato. “O material reciclado gera uma economia tanto na quantidade de água usada, quanto no consumo de energia. Sem isso, o custo final do produto seria muito maior”, comenta Melo.

Presente na construção civil, indústria automotiva, de maquinário e materiais siderúrgicos, o aço é o material com maior ciclo de vida do mundo. O metal pode ser reciclado infinitas vezes sem a perda de qualidade. Atualmente, o Brasil recicla 30% de todo aço produzido internamente.

Segundo o estudo mais recente realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), em 2010, a tonelada do aço reciclado gera uma economia 1.514 kg de minério de ferro e 154 kg de carvão. Tal processo reduz a extração da matéria-prima e áreas de descartes.

Já dados do Sindicato das Empresas de Sucatas de Ferro e Aço (SINDINESFA) apontam que a produção de aço reciclado pode gerar uma economia de 76% no consumo de água e redução de 85% na quantidade de poluentes do ar.

Além da reciclagem do montante expressivo de aço, a Açovisa ainda mantém uma horta de temperos, utilizada internamente nas refeições dos funcionários, colaborando com o do solo e lençol freático, e ainda reutiliza água de chuva nos processos de limpeza e descarga.

O sócio fundador menciona ainda que a responsabilidade ambiental é dever de toda empresa. “Reciclar o aço é algo essencial para a indústria, além da redução dos custos na produção, gera um ganho ambiental imensurável. É imprescindível que todas as empresas atuem com responsabilidade com o meio ambiente”, diz.

(Redação – Agência IN)