Poupança da Caixa apresenta captação líquida de R$ 721,2 milhões no ano

A Caixa Econômica Federal fechou julho de 2017 com captação líquida positiva de depósitos de poupança no valor de 721,2 milhões, no acumulado do ano. Os números da CAIXA destacam-se no mercado de poupança. Segundo divulgação do Banco Central, o mercado – somatório de todos os bancos – registrou, no acumulado de 2017 (até o dia 26/07/17), captação líquida negativa de R$ 12,4 bilhões. Em julho, a CAIXA também ampliou sua participação no mercado, com share de 38,37%.

Poupança registra melhor saldo para junho desde 2013

Pelo segundo mês seguido, os brasileiros depositaram mais do que sacaram na poupança. Em junho, a captação líquida (depósitos menos retiradas) somou R$ 6,1 bilhões, informou hoje (6) o Banco Central (BC). O valor é quase 20 vezes maior que a captação líquida registrada em maio (R$ 292,6 milhões) e o melhor para meses de junho desde 2013, quando os depósitos tinham superado as retiradas em R$ 9,4 bilhões.

Saques da poupança superam depósitos pelo quarto mês seguido

Os saques superaram os depósitos em poupança pelo quarto mês seguido. De acordo com dados do Banco Central (BC) divulgados hoje (5), a retirada líquida chegou a R$ 1,270 bilhão em abril, resultado menor do que o registrado em igual período de 2016 (R$ 8,246 bilhões).

Saques da poupança superam depósitos pelo 3º mês seguido

Os saques na poupança superaram os depósitos pelo terceiro mês seguido. Em março, a retirada líquida (descontados os depósitos) foi de R$ 4,996 bilhões, informou hoje (6) o Banco Central (BC). A perda de recursos foi a menor para o mês de março em três anos. No mesmo mês de 2015, a retirada líquida foi de R$ 11,44 bilhões e em março 2016, de R$ 5,38 bilhões.

Saques na poupança superam depósitos em R$ 1,67 bi em fevereiro

A caderneta de poupança registrou a menor perda de recursos para meses de fevereiro em três anos. Segundo o Banco Central, no mês passado, os saques superaram os depósitos em R$ 1,67 bilhão, contra saques líquidos (diferença entre saques e depósitos) de R$ 6,26 bilhões em fevereiro de 2015 e de R$ 6,63 bilhões em fevereiro de 2016.

 

Assinar este feed RSS