Poupança x Inflação: ganho real negativo e maior inflação desde 2016

  •  
Rendimento da poupança: junho tem ganho real negativo e maior inflação desde 2016. Fonte: Toro Investimentos Rendimento da poupança: junho tem ganho real negativo e maior inflação desde 2016.

O mês de junho teve a maior inflação desde 2016, atingindo 1,26% no mês. Essa alta significativa da inflação, que no mês de maio foi de 0,40%, impacta diretamente na rentabilidade dos investidores que aplicam suas economias na caderneta de Poupança.

 

Com os juros da Poupança em 0,37% ao mês, valor que vem se mantendo ao longo de 2018, a caderneta fechou o mês de junho com ganho real negativo. Descontando a inflação, o rendimento da Poupança foi de -0,88%.

 

juros-poupanca-rendimento-2017-2018

 

Vale lembrar que, ao longo dos últimos 5 anos, essa não foi a única vez que a caderneta rendeu abaixo da inflação. Em 2015 e 2016, a inflação também superou os juros da poupança em vários meses, encerrando o ano de 2015 com o ganho real negativo, de - 2,34%, e o anos de 2016 com um ganho real de apenas 1,89%.

 

juros-poupanca-rendimento-2013-2018

 

Apesar disso, a estimativa é que esse cenário tenha uma recuperação em breve. A inflação oficial de julho, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira, (08), teve grande diferença, fechando em 0,33% no mês. Essa melhora ainda não favorece o rendimento da poupança, que continua baixo, com o ganho real de 0,04% em julho.