Cristina Brisola é a nova country manager da HDS Brasil

Cristina Brisola é a nova country manager da HDS Brasil Foto: Divulgação Cristina Brisola é a nova country manager da HDS Brasil

Nova estratégia da companhia é ser reconhecida por suas soluções muito além do armazenamento de dados

cristinabrisolaCristina Brisola passa a partir deste mês a ser a nova country manager da Hitachi Data Systems do Brasil, com o desafio de triplicar as operações da empresa nos próximos três anos e alinhá-la ao novo posicionamento global da corporação.

Há mais de 23 anos na área de TI, sendo 15 na área comercial, Cristina possui uma ampla experiência no desenvolvimento de equipes de alta performance para o posicionamento de soluções integradas. A executiva possui vasto conhecimento em tecnologias convergentes, gestão de data center, cloud computing, aplicações SAP, BI, entre outros. Seus mais recentes projetos profissionais englobam a diretoria executiva no Brasil da empresa argentina Globant e a liderança comercial da integradora latino-americana Sonda, onde atuou como vice-presidente comercial. Todo esse expertise será essencial para liderar a empresa dentro deste novo contexto.

“Hoje a HDS é reconhecida mundialmente por suas inovações no segmento de storage, mas seu portfólio vai além, com ofertas para IoT, Cidades Inteligentes, Inovação Social e de Analytics. Para isso, um dos pilares da nossa estratégia de trabalho é antever as necessidades de negócios de nossos clientes através de soluções flexíveis e de alto valor agregado”, explica a executiva.

A empresa entra agora em um novo patamar e tem como objetivo maximizar sua atuação no mercado. “Com a experiência de 106 anos em Tecnologias Operacionais e 57 anos de atuação em TI (Tecnologia da Informação), o grupo Hitachi está preparado para oferecer soluções de IoT. Essa convergência será fundamental para conseguirmos cumprir nosso maior desafio de triplicar a operação no Brasil nos próximos três anos. Temos muito trabalho pela frente, mas possuímos toda a estrutura e know how necessários para vencermos este desafio”, comenta Cristina.

(Redação - Agência IN)