Assuntos políticos no radar dos investidores

O mini contrato futuro do principal índice acionário doméstico encerrou a última sessão (13) em alta moderada, mais fraco que as movimentações internacionais. O principal ponto que segurou as altas foi o impacto negativo do setor bancário após divulgação de possível aumento da alíquota da Contribuição Sobre o Lucro Líquido para os bancos.

Vendas financiadas de veículos crescem 15,3% em maio

As vendas financiadas de veículos em maio de 2019 somaram 519,1 mil unidades, entre novas e usadas, incluindo autos leves, motos e pesados. Esse número representa um aumento de 15,3% em relação a maio de 2018 e engloba veículos novos e usados em todo o País. Desse total, 199,1 mil representam veículos novos - 18,7% a mais do que em maio do ano passado - e 320 mil, de usados, alta de 13,2% na mesma base de comparação. A alta tem relação com maio de 2018, quando a paralisação dos caminhoneiros impactou negativamente o volume de financiamentos de veículos no período, o que resultou em uma base de comparação menor.

B3 automatiza eventos corporativos de companhias abertas

A B3 lança hoje, 11, um serviço para automatizar a leitura e distribuição de eventos corporativos divulgados recorrentemente pelas companhias de capital aberto em atas de assembleias gerais ordinárias e extraordinárias, comunicados ao mercado, avisos aos acionistas e outros documentos.

Engie avança 4,23% e BRF cai 3,79%

Entre as oscilações positivas do Ibovespa hoje estão os papéis da Engie (ON) que avançavam 4,23% e da Eletrobras (PNB) que subiam 3,05%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da BRF (ON) que recuavam 3,79% e da JBS (ON) que caíam 2,87%.

Marfrig avança 3,39% e JBS cai 3,19%

Entre as oscilações positivas do Ibovespa hoje estão os papéis da Marfrig (ON) que avançavam 3,39% e da Eletrobras (PNB) que subiam 3,08%. A BRF assinou um memorando de entendimentos com a Marfrig para que as duas companhias avaliem a possibilidade de combinar seus negócios. As duas empresas terão prazo de 90 dias, que pode ser prorrogado por mais 30 dias, para aprofundar os estudos e definir os termos de um acordo final. As premissas do negócio são de que a companhia resultante terá um elevado nível de governança corporativa, adotará políticas que busquem atingir grau de investimento (Investment Grade Rating) e que será administrada com base em princípios de integridade, qualidade, segurança e sustentabilidade.

Assinar este feed RSS