Ataques de ransomware a empresas acontecem a cada 40 segundos, mostra Kaspersky Lab

Ataques de ransomware a empresas acontecem a cada 40 segundos, mostra Kaspersky Lab Foto: Divulgação

Os ataques de ransomware voltados para empresas aumentaram três vezes em 2016. Ou seja, cresceu de um ataque a cada 2 minutos, em janeiro, para um ataque a cada 40 segundos, em outubro. Já o índice de ataques individuais aumentou de um a cada 20 segundos para um a cada 10 segundos. Com o surgimento de mais de 62 novas famílias de ransomware durante o ano, essa ameaça cresceu de modo tão contundente que a Kaspersky Lab declarou o ransomware seu principal tema de 2016.

 

O relatório História do Ano faz parte do Boletim de Segurança anual da Kaspersky Lab, que analisa ameaças e os dados mais importantes do ano, além de incluir previsões para o ano de 2017.

Entre outras coisas, 2016 revelou o interesse de criminosos por um modelo de negócios de ransomware (oferecido como serviço) para aqueles que não têm habilidades, recursos ou a intenção de desenvolver um próprio. Com esse sistema, criadores de código oferecem produtos maliciosos ‘sob demanda’, vendendo versões modificadas de maneira exclusiva aos clientes, que então as distribuem por meio de spam e sites comprometidos, pagando uma comissão para o criador – o principal beneficiário financeiro.

“Aparentemente, o modelo de negócios clássico de ‘associado’ funciona com a mesma eficiência para o ransomware quanto para os outros tipos de malware. Muitas vezes, as vítimas pagam para os criminosos, o que gera um fluxo contínuo de dinheiro pelo sistema. Inevitavelmente, isso resulta no aparecimento praticamente diário de novos cryptors”, comentou Fedor Sinitsyn, analista sênior de malware da Kaspersky Lab.

(Redação - Agência IN)