Petrobras registra R$ 4 bilhões de lucro líquido no 1T19

A Petrobras registrou lucro líquido de R$ 4 bilhões no primeiro trimestre de 2019, um aumento de 92% em relação ao quarto trimestre de 2018, principalmente pela menor incidência de itens especiais, que totalizaram R$ 600 milhões (negativos). O Ebitda ajustado, de R$ 27,5 bilhões, foi 6% inferior ao quarto trimestre de 2018, motivado especialmente pela queda no preço do Brent, enquanto o fluxo de caixa livre foi positivo pelo 16º trimestre consecutivo, totalizando R$ 12,1 bilhões.

Gás para comércio e indústria é reajustado em 6% nas refinarias

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou, por meio de nota, que foi comunicado pela Petrobras na tarde de hoje (24) que o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) empresarial e comercial, para embalagens acima de 13 kg, nas refinarias da estatal, será reajustado em 6% a partir de amanhã (25).

ANP e Petrobras assinam acordo sobre o Parque das Baleias

A ANP e a Petrobras assinaram, nesta sexta-feira (5/4), às 11h, o acordo que encerra a controvérsia envolvendo as áreas do Parque das Baleias. O acordo foi assinado pelo diretor-geral da ANP, Décio Oddone, e pelo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. A cerimônia foi realizada no Palácio Anchieta, em Vitória, Espírito Santo, com a presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

Petrobras sobe preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,10

A Petrobras anunciou, nesta quinta-feira (4), um aumento de R$ 0,10 no preço do litro da gasolina nas refinarias. O novo valor já começará a ser praticado nesta sexta-feira (5). Segundo a companhia, o litro da gasolina A subiu de R$ 1,8326 para R$ 1,9354. O valor do diesel, por enquanto, segue inalterado, em R$ 2,1432.

Petrobras aprova pagamento de dividendos

A Petrobras informa que seu Conselho de Administração, em reunião realizada ontem (27), aprovou remuneração aos acionistas detentores de ações preferenciais, na forma de dividendos, no valor de R$ 106.678.312,41, correspondente a R$ 0,019043 por ação preferencial em circulação, com base no resultado anual de 2018, a fim de atender aos dividendos mínimos a eles garantidos pelo artigo 5º, §2º do Estatuto Social da Companhia.

Petrobras registra lucro líquido de R$ 25,8 bilhões em 2018

A Petrobras registou lucro líquido de R$ 25,8 bilhões em 2018. O primeiro resultado anual positivo em cinco anos é também o maior desde 2011. A empresa registrou dois recordes financeiros: Ebitda ajustado de R$ 114,9 bilhões e, pelo quarto ano consecutivo, fluxo de caixa livre positivo, de R$ 54,6 bilhões.

S&P eleva nota de crédito stand-alone da Petrobras

A Petrobras anunciou que a agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) elevou a nota de crédito stand-alone (risco intrínseco) da Petrobras de “bb-“ para “bb”, com perspectiva estável, mantendo o rating global em “BB-“.

A agência destacou que a melhora na nota reflete o bom desempenho da companhia, impulsionado pelo crescimento da produção, pela sólida gestão de portfólio - em termos de eficiência de investimentos e vendas de ativos - e pela manutenção de padrões de governança eficazes e sólidos (incluindo uma política de preços independente e alinhada a cotações internacionais) que permitiram reduzir a dívida da empresa.

A classificação concedida à Petrobras na categoria stand-alone é superior ao rating da companhia em escala global, que acompanha a nota da República Federativa do Brasil, acionista controlador da companhia. Além disso, a perspectiva estável incorpora a visão da agência de que a Administração atual continuará comprometida com o objetivo de redução da dívida, mas que o rating soberano limita a nota de crédito da Petrobras.

(Redação – Investimentos e Notícias)

Assinar este feed RSS