Lula mobiliza sindicatos em defesa da Petrobras e de Dilma

Vestindo o uniforme laranja da Petrobras, o ex-presidente Lula foi acompanhado de milhares de sindicalistas nesta segunda-feira em um abraço simbólico no prédio da companhia de petróleo, mobilizando bases para defender a estatal e a reeleição de Dilma Rousseff.

Juiz autoriza ex-diretor da Petrobras a depor na CPMI

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba, autorizou hoje (15) o ex-diretor da Paulo Roberto Costa a deixar a prisão para prestar depoimento, na quarta-feira (17) à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras . Na decisão, Moro pediu que a Polícia Federal (PF) faça a escolta de Costa até o Congresso Nacional. Ele está preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

TSE multa presidente da Petrobras em R$ 53 mil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu ontem, 11, multar em R$ 53 mil a presidente da Petrobras, Graça Foster, por conduta vedada a agente público. Por maioria de votos, os ministros entenderam que uma propaganda sobre a gasolina comercializada pela empresa foi veiculada de forma irregular. Segundo a lei eleitoral, durante o período das eleições, são proibidas inserções institucionais de produtos que não têm concorrência.

Ex-diretor diz que mercado americano faz de Pasadena um bom negócio

Durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Mista da Petrobras, o ex-diretor da Área Internacional da petrolífera Nestor Cerveró voltou a defender a compra da Refinaria de Pasadena do grupo belga Astra Oil. Ele disse que o valor pago foi abaixo do custo médio de outras refinarias na época. Cerveró foi o autor do relatório que, em 2006, embasou a compra da refinaria pela Petrobras, no Texas (EUA).

Ex-diretor afirma que Petrobras não conhecia todas cláusulas sobre Pasadena

O ex-diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, afirmou hoje (10) que o documento recebido pela empresa sobre a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, não continha todas as informações sobre o negócio. Segundo ele, nem todas as cláusulas do contrato foram analisadas para posterior aprovação.

Paulo Roberto Costa será ouvido pela CPI Mista da Petrobras

Diante da divulgação de informações relacionadas ao processo de delação premiada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, a CPI mista que investiga denúncias de irregularidades na estatal decidiu convocá-lo para prestar depoimento. Ele será ouvido na próxima quarta-feira (17).

Trabalhadores da Petrobras cobram apuração interna sobre denúncias de ex-diretor

O presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet), Silvio Sinedino, vai propor ao conselho de administração da estatal, que se reúne na próxima sexta-feira (12), a inclusão, na pauta, da apuração das denúncias feitas pelo ex-diretor Paulo Roberto Costa, em sua delação premiada. Esse benefício legal é concedido a criminosos que aceitem colaborar na investigação ou a entregar seus companheiros. Informações atribuídas a depoimento de Costa à Polícia Federal foram publicadas na última edição da revista Veja.

Assinar este feed RSS