Linhão de Belo Monte volta a funcionar

O Operador Nacional do Sistema (ONS) informou hoje (21) que o linhão de Belo Monte voltou a funcionar após oito dias desligado. O linhão estava indisponível desde o dia 13 devido a queda de três torres na divisa dos municípios de Ipameri e Catalão, em Goiás.

BNDES aprova R$ 2,56 bi para "linhão" de Belo Monte

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento na ordem de R$ 2,56 bilhões para a construção da primeira das duas linhas de transmissão que vão escoar a energia gerada pela usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, para a região Sudeste.

PGR pede inclusão de Renan, Jucá, Raupp e Barbalho em inquérito sobre Belo Monte

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a inclusão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ministro do Planejamento, Romero Jucá, e dos senadores Valdir Raupp (PMDB-RO) e Jader Barbalho (PMDB-PA) em um inquérito já aberto na Corte que investiga o suposto pagamento de propina na construção da usina Belo Monte. O ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA) já é investigado.

 

Dilma inaugura usina hidrelétrica de Belo Monte

A presidente Dilma Rousseff inaugura, nesta quinta-feira (5), a usina hidrelétrica de Belo Monte, localizada no município de Altamira, sudoeste do Pará. Construída no rio Xingu, a usina é a maior hidrelétrica 100% nacional e a terceira maior do mundo. Com capacidade instalada de 11.233,1 megawatts (MW). Isso significa carga suficiente para atender 60 milhões de pessoas em 17 Estados, o que representa cerca de 40% do consumo residencial de todo o País.

Belo Monte aciona primeira turbina, em fase de teste

A primeira turbina da Usina Hidrelétrica Belo Monte, no Rio Xingu (PA), foi ligada hoje (17), com capacidade de gerar 611,1 megawatts (MW). Este foi o primeiro teste dinâmico para observar e ajustar o funcionamento da primeira das 18 turbinas da casa de força principal da hidrelétrica.

Assinado contrato do 2º bipolo da transmissão de Belo Monte

Foi assinado nesta quinta-feira (22/10) em Brasília, na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), contrato de concessão do segundo bipolo que faz parte do sistema de conexão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte à região Sudeste. Com previsão de geração de 16,8 mil empregos diretos e de investimentos da ordem de R$ 7 bilhões, com aproximadamente 2.550 km de linhas de transmissão e 7.800 MW de capacidade instalada em duas subestações conversoras as obras atravessam cinco estados: Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O prazo de conclusão é de 50 meses.

Assinar este feed RSS