Abraciclo prevê estabilização do mercado de duas rodas em 2016

Compatível com um setor de duas rodas amadurecido, mesmo enfrentado a forte crise que se estende por todos os segmentos da economia, as montadoras instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM se organizaram e protagonizaram, ao longo dos últimos 12 meses, investimentos equilibrados e constantes, tanto em lançamentos como em segurança e inovações tecnológicas. Para o próximo ano, o setor espera o fim da queda do mercado de motocicletas, de acordo com levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo.

 

Produção de Motocicletas Cresce 11,6% em agosto

Conforme levantamento divulgado pela ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, a produção de motocicletas em agosto registrou 114.162 unidades, volume 11,6% superior a julho (102.330), que contou com período de paralisação para férias coletivas nas fabricantes localizadas no PIM - Polo Industrial de Manaus. Em comparação a igual período do ano passado (129.767), os índices são negativos, com descréscimo de 12%. Já no acumulado do ano a retração chega a 11,9%, passando de 1.038.714 motocicletas, em 2014, para 914.752, em 2015.

Produção de motocicletas tem menor nível em 10 anos, aponta Abraciclo

A produção acumulada de motocicletas de janeiro a maio deste ano totalizou 582.528 unidades, volume 16,2% inferior ao registrado em igual período de 2014, que havia chegado a 695.155 unidades. O resultado dos primeiros cinco meses deste ano, no entanto, é o pior do setor desde 2005, quando foram produzidas apenas 495.098 motocicletas em igual período, conforme levantamento divulgado pela Abraciclo, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Venda de motocicletas cresce 1,9% em fevereiro

De acordo com o levantamento divulgado pela ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam (Denatran), a média diária de vendas de motocicletas no mercado nacional teve crescimento de 1,9% na primeira quinzena deste mês, com 5.262 unidades comercializadas, em comparação com a média de igual período de janeiro, que havia ficado em 5.162 unidades.

Setor de motocicletas dá sinais de recuperação em 2014, aponta Abraciclo

Pelos dados divulgados pela ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, em dezembro foram fabricadas 84.820 motocicletas, ante 81.404 unidades em 2013, correspondendo a uma evolução de 4,2%. Em novembro de 2014, no entanto, a produção havia chegado a 121.719, porém sem férias coletivas nas fábricas, o que justifica a queda de 30,3% na comparação com dezembro. No acumulado do ano, foram produzidas 1.517.662 motocicletas, 9,3% a menos do que o registrado em 2013 (1.673.477).

Produção de motocicletas recua 16,3% em outubro

Segundo dados da ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, no mês de outubro foram produzidas 144.596 motocicletas contra 172.826 no mesmo mês do ano passado, correspondendo a um decréscimo de 16,3%. As vendas no atacado – para as concessionárias – apresentaram queda de 17,5% entre os períodos, passando de 156.569 unidades (2013) para 129.156 (2014).

Vendas diárias de motocicletas crescem em setembro

A média diária de vendas de motocicletas no país atingiu 5,445 mil unidades em setembro (com 22 dias úteis), 2,8% acima do registrado no mês anterior (21 dias úteis). Comparada à média diária de setembro de 2013 (21 dias úteis), houve declínio de 2,9%.

Assinar este feed RSS