BRF é inserida na 16ª carteira do ISE - B3

A BRF S.A.(BRFS3) comunica que foi inserida na 16ª carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial – ISE da B3. O indicador, pioneiro na América Latina, teve a composição dos ativos que compõem a sua nova carteira divulgada no dia 01/12/2020).

Receita líquida da BRF cresce no 3T20

Nesta terça-feira, 10, a BRF anunciou que obteve uma receita líquida de R$ 9,9 bilhões nas operações continuadas no terceiro trimestre de 2020, uma alta de 17,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já o lucro líquido consolidado da Companhia foi de R$ 219 milhões, enquanto a geração de caixa operacional atingiu R$1,77 bilhão no 3T20.

BRF divulga recompra de Senior Notes

A BRF anunciou o início de ofertas de recompra de todas e quaisquer das (i) (a) 5,875% Senior Notes com vencimento em 2022 (“Notes 2022”), (b) 2,750% Senior Notes com vencimento em 2022 (“Euro Notes”), (c) 3,95% Senior Notes com vencimento em 2023 (“Notes 2023”); e (d) de 4,75% Senior Notes com vencimento em 2024 (“Notes 2024”) todas de emissão da BRF; e (ii) 4,350% Senior Notes com vencimento em 2026 (“Notes 2026” e, em conjunto com as Notes 2022, as Euro Notes, as Notes 2023 e as Notes 2024, as “Notes”), de emissão da BRF GmbH e garantidas pela BRF (em conjunto, “Ofertas de Recompra”).

BRF anuncia conclusão do Plano de Recompra de Ações

A BRF S.A. (B3: BRFS3; NYSE: BRFS) anunciou que foi concluído, em 22 de maio de 2020, o programa de aquisição de ações de sua própria emissão, aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia em reunião realizada em 26 de março de 2020 e divulgado em fato relevante na mesma data.

 

BRF concluiu captações de linhas de financiamento

A BRF anunciou nesta segunda-feira, 18, que concluiu captações de linhas de financiamento adicionais junto a instituições financeiras que, juntamente com o montante divulgado em 31 de março de 2020, totalizam o montante agregado de, aproximadamente, R$ 2,4 bilhões e prazo médio de 1,5 ano. 

BRF reporta Ebitda ajustado de R$ 1,3 bilhão no 1T20

Mesmo em um cenário global desafiador, a BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, registrou receita líquida de R$ 8,9 bilhões no primeiro trimestre do ano, um crescimento de 21,6% se comparado ao mesmo período de 2019. Já o EBITDA Ajustado alcançou R$ 1,3 bilhão, apresentando expansão de 67,2% e margem de 14,0% - um aumento de 3,8 pontos percentuais na comparação com o 1T19. O desempenho positivo é resultado da disciplina na execução do planejamento estratégico da Companhia, apresentando avanços importantes em mercados-chave, rigor no controle de gastos, conquistas de novas habilitações para o mercado externo e investimentos em inovação e produtos, além de uma melhor gestão financeira.

Assinar este feed RSS