Hospital de Curitiba ganhará ala de atendimento à mulher

  •  
Hospital de Curitiba ganhará ala de atendimento à mulher Foto: Divulgação Hospital de Curitiba ganhará ala de atendimento à mulher

O Hospital do Trabalhador em Curitiba ganhará uma nova ala de atendimento especializado à mulher até o final do próximo ano. Trata-se da maior obra realizada na instituição desde a inauguração, em 1947. Nesta quinta-feira (25), ocorreu a concretagem da primeira laje do edifício de três pavimentos e 4 mil metros quadrados.

Batizada de Anexo da Mulher, a ala integra um projeto que recebeu R$ 5,6 milhões em recursos do governo federal repassados pela Caixa e tem orçamento total de R$ 13,5 milhões. A ala ampliará a capacidade do hospital, o segundo maior do Paraná, de 222 para 302 leitos e abrigará maternidade, serviços de ginecologia e obstetrícia, UTIs pediátrica e neonatal e adulta feminina e enfermarias.

A instituição realiza uma média mensal de 175 partos, 80 cesáreas e 1,6 mil atendimentos obstétricos por mês. Segundo o diretor-geral do hospital, o obstetra Geci Labres de Souza, o projeto deve aumentar a capacidade de atendimento e o seu nível de complexidade com a duplicação do pronto-socorro.

"Curitiba necessitava de mais do que apenas uma maternidade. Pacientes vítimas de violência e emergências ginecológicas necessitam de um diagnóstico rápido, de cirurgia e retorno", afirma o diretor. "No caso de violência, vamos proteger a mulher como um todo, da parte médica até a realização de um boletim de ocorrência e avaliação pericial, que poderá ser usada na justiça."

A maternidade do hospital será inteiramente transferida para o anexo, que terá 80 leitos, 30 deles de UTI para mulheres e recém-nascidos, e dois centros cirúrgicos. As informações são do Portal Brasil.

(Redação - Agência IN)