O mercado de luxo não sofre com a crise

De acordo com pesquisas recentes e dados da Associação Brasileira das Empresas de Luxo (Abrael), neste ano de 2016 o mercado de luxo deve crescer entre 11 e 13% no Brasil. Segundo especialistas, isso acontece por um fato que nós conhecemos muito bem: o brasileiro gosta de comprar. Empresas que representam este mercado estão na contramão da crise. Quando tratamos de automóveis, por exemplo, o mercado de veículos gerais teve queda de 30% em 2015, enquanto as concessionárias de luxo registraram alta de 20% nas vendas no mesmo período.

Mudança de atitude é caminho para sucesso de empresas

“Como reinventar seu negócio em época de crise”, “Os desafios de administrar uma empresa no Brasil em um momento de crise” e “A crise econômica e as perspectivas para o varejo farmacêutico”. Esses foram apenas alguns dos títulos de eventos que recebi convite recentemente para participar, e posso afirmar que dificilmente tenha um dia que eu não receba algo do tipo, com o objetivo de juntar um grupo de empresários dispostos a se lamentar e falar da crise.

Presidente do TST defende mudanças na lei trabalhista para país sair da crise

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra, defendeu mudanças na legislação trabalhista para dar mais segurança ao trabalhador. De acordo com o jurista, o protagonismo da Justiça do Trabalho é importante para o país sair da crise e para isso, é preciso harmonizar as relações de trabalho e equilibrar o entendimento entre capital e trabalho.

 

Cinco passos para sobreviver à crise previdenciária

Um novo debate sobre a aposentadoria foi retomado recentemente com o anúncio do Governo de que ocorrerão mudanças em curto prazo. As propostas ainda passarão por debates, mas uma coisa é certa: ou ocorrem mudanças que dificultarão a aposentadoria, até mesmo diminuindo os valores a serem recebidos ou o atual modelo do INSS se mostrará insustentável. O que fica mais explícito é que: cada vez mais o brasileiro terá que ter educação financeira para poder usufruir de um período de aposentadoria sem problemas financeiros.

O êxito das drogarias mesmo em tempos de vacas magras

As drogarias são um dos poucos setores do varejo e mercado de consumo brasileiros que cresceu nos últimos dezoito meses e continua com boas perspectivas para 2016. Este crescimento sustentável é explicado tanto por fatores econômicos e características peculiares à indústria, quanto pelas estratégias operacionais e por uma gestão robusta.

Crise tributária nas empresas brasileiras

Segundo dados extraídos dos trabalhos feitos pela Studio Fiscal, empresas optantes pelo Lucro Real e pelo Lucro Presumido pagam, em média, R$ 650 mil a mais do que devem em impostos e contribuições no período de cinco anos.

Construção Civil pode dar resposta rápida à crise

Representantes do setor da Construção Civil reuniram-se com o presidente interino Michel Temer e equipe do Governo Federal, no sentido de apresentar propostas para que o setor contribua com a retomada do crescimento da economia, principalmente no tocante a geração de emprego e renda, num prazo de até dois anos.

Como fazer marketing pessoal em tempos de crise

Saber se promover no ambiente de trabalho é fundamental para obter destaque e crescer profissionalmente. “Muitas vezes o profissional é muito bom, mas não consegue evidenciar os seus resultados, por uma série de motivos”, explica a diretora de carreira da STATO, Karina Freitas. Nesse sentido, a especialista listou 6 dicas que podem ajudar a melhorar o marketing pessoal.

Assinar este feed RSS