CNDL apoia PEC que limita gastos públicos

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), entidade que administra o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e reúne mais de 1,2 milhão de pontos de venda em todo o país, apoia a PEC do teto dos gastos públicos, que será votada a partir desta segunda-feira (10), na Câmara dos Deputados, em Brasília. 

Barroso vai relatar recurso contra PEC dos Gastos Públicos

Deputados do PT e do PCdoB protocolaram hoje (7), no Supremo Tribunal Federal (STF), mandado de segurança, com pedido de liminar, para suspensão imediata da tramitação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos do país pelos próximos 20 anos. O relator é o ministro Roberto Barroso.

PT e PCdoB entram no Supremo contra PEC dos Gastos Públicos

Deputados do PT e do PCdoB protocolaram hoje (7), no Supremo Tribunal Federal (STF), mandado de segurança, com pedido de liminar, para suspensão imediata da tramitação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos do país pelos próximos 20 anos. O relator é o ministro Roberto Barroso.

Temer convida base aliada para jantar e discutir PEC dos gastos públicos

O presidente Michel Temer fez um convite aos deputados da base aliada para um jantar no próximo domingo (9), no qual será discutida a proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelece um teto para os gastos públicos. Ao participar, no início da tarde de hoje, de reunião com líderes de partidos aliados ao governo, Temer fez um apelo para que a PEC seja aprovada.

 

PEC dos gastos públicos será votada em primeiro turno até dia 11, diz relator

O relatório da proposta de emenda à Constituição (PEC) 241/2016, que limita os gastos públicos nos próximos 20 anos, será lido na terça-feira (4) na comissão especial da Câmara, disse hoje (28) o relator do texto, deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS). Segundo ele, a ideia é aprovar o texto na quinta-feira (6) e levar a proposta para votação em primeiro turno no plenário da Casa nos dias 10 e 11 do próximo mês.

Maia diz que PEC do teto de gastos começa a ser votada em 17 de outubro

O presidente da República em exercício e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta quarta-feira (21) que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos começará a ser votada no plenário da Câmara em 17 de outubro. De acordo com Maia, a matéria deverá ser encerrada até novembro.

PEC do teto de gastos é prioridade para o Executivo, diz líder do governo no Congresso

Em entrevista aos meios de comunicação do Senado nesta semana, a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) afirmou que a votação da proposta de emenda à Constituição que estabelece um limite de gastos para a União é uma das prioridades do governo Michel Temer até o fim do ano. Além disso, segundo a líder do governo no Congresso, o Executivo deve dar início às negociações e debates para enviar a proposta de reforma da Previdência ao Parlamento ainda em 2016, com esperanças de aprová-la já no primeiro semestre do próximo ano.

Meirelles defende ajuste fiscal e PEC 241 contra recessão e desemprego

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta segunda-feira (12), em São Paulo, disse que o maior problema do país é a recessão e o desemprego e voltou a afirmar que a solução para o problema é o ajuste fiscal e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita o teto de gastos das contas públicas, propostas que o governo espera aprovar no Congresso.

Assinar este feed RSS