Zurich adquire operações da QBE para se tornar a seguradora líder na Argentina

  •  
Zurich adquire operações da QBE para se tornar a seguradora líder na Argentina Foto: divulgação Zurich adquire operações da QBE para se tornar a seguradora líder na Argentina

A Zurich Insurance Group (Zurich) celebrou um contrato de aquisição das operações na América Latina da seguradora australiana QBE Insurance Group Limited (QBE) pelo valor total de US$ 409 milhões, sujeito a ajustes no fechamento. A operação, sujeita a aprovações regulatórias, posicionará a Zurich como a seguradora líder na Argentina enquanto amplia o escopo e as capacidades do grupo no Brasil, na Colômbia e no México e se torna a terceira maior seguradora do Equador.

“Essa operação nos posicionará como a seguradora líder na Argentina, um mercado que demonstra crescimento robusto, uma economia estável e um ambiente positivo para o setor de seguros. Com isso aprofundaremos nossas capacidades nos negócios de varejo e corporativos, gerando apoio à nossa estratégia de nos tornarmos a seguradora preferencial de negócios de varejo e corporativos na região, protegendo nossos clientes e ajudando-os a atingir seu potencial máximo”, afirma Claudia Dill, Chief Executive Officer da Zurich para a América Latina. “Damos as boas-vindas aos nossos novos clientes, distribuidores e colegas na Zurich”.

As operações adquiridas totalizam prêmios brutos emitidos (GWP) de aproximadamente US$ 790 milhões em 2017, com uma oferta de produtos altamente diversificada, além de forte distribuição.

A Argentina representa cerca de 50% das operações adquiridas. A operação quase dobrará os negócios de Ramos Elementares (P&C – Property & Casualty) da Zurich na Argentina, que se tornará a seguradora líder do país nos negócios de P&C e de Vida, com 8,4% de participação de mercado e o terceiro maior negócio individual de P&C com uma participação de mercado semelhante. As operações adquiridas complementam os negócios já existentes da Zurich na Argentina e aumentam suas capacidades de distribuição e produtos principalmente para clientes corporativos de pequeno e médio porte.

No Brasil, na Colômbia e no México, o Grupo obterá uma gama de capacidades adicionais e acesso a novos canais de distribuição. No Equador, o negócio adquirido está classificado em terceiro no país.

A Zurich espera atingir um retorno sobre investimento total que exceda tranquilamente a taxa mínima de retorno do Grupo, 10%, ainda no primeiro exercício completo após a conclusão da operação. Espera-se que a aquisição seja concluída até o fim de 2018, sendo financiada com recursos internos.

(Redação - Investimentos e Notícias)