Vicunha expande receita e é a melhor empresa do Equador

  •  
Vicunha expande receita e é a melhor empresa do Equador (Foto: Divulgação) Vicunha expande receita e é a melhor empresa do Equador

A Vicunha é um dos maiores produtores de tecidos denim no mundo e, de sua receita líquida de R$ 1.294 milhões em 2013, cerca de 33% representaram vendas externas e os outros 67% fornecimentos ao mercado brasileiro. A Vicunha Equador responde por cerca de 10% da receita líquida anual da Vicunha, que tem também fábrica na província de San Juan, na Argentina, além de suas unidades no nordeste do Brasil. A fábrica da Vicunha Equador é a única produtora local do tecido usado para produção de jeans e vem ajudando no crescimento do setor de confecção no país.  “O prêmio que recebemos é um reconhecimento à importância da empresa para o Equador, onde temos crescido 14% ao ano, vendendo tecidos denim (índigo) para as confecções locais e para os outros países do Pacto Andino, principalmente a Colômbia, além do México, países do Caribe e da América Central”, diz Ricardo Steinbruch, presidente da Vicunha Têxtil.

O prêmio de mérito industrial e comercial “Condecoración al Fomento de la Producción 2014”, foi concedido á subsidiária Vicunha Equador pela Cámara de Industrias y Producción do país andino e recebido dia 30 em Quito por Ricardo Steinbruch. Segundo o presidente da Cámara equatoriana, Economista Richard Martinez Alvarado, “a premiação decorre da significativa colaboração da empresa ao desenvolvimento do país”. Entre os concorrentes havia empresas como a Nestlé, Cervecería Nacional (SAB Miller),  Produbanco e outras.
“Temos tido um aumento de vendas anual médio de 15% nos últimos 5 anos, com um retorno bastante favorável, que nos possibilitou um EBITDA de 22% em 2013”, comenta Ricardo Steinbruch. O lucro líquido também vem crescendo mais de 10% ao ano desde 2010, quando a empresa reverteu os resultados negativos da crise de 2008 - em 2013 atingiu R$ 140 milhões, cerca de 11% sobre a receita liquida.

Segundo o presidente da Vicunha Têxtil, o resultado favorável da empresa a partir de 2009 decorre do crescimento das vendas com redução de custos. A receita líquida apresenta crescimento contínuo passando de R$737 milhões em 2009 para R$ 1,29 bilhão em 2013 “Nossa estratégia, desenhada em 2009, envolveu a concentração em tecidos índigo e brins, modernização e flexibilização das unidades fabris e internacionalização dos negócios”.

“Entramos numa nova fase a partir de 2010, com foco na gestão e na expansão internacional da empresa, o que permitiu à Vicunha Têxtil apresentar receitas e lucros crescentes, e hoje a empresa é candidata natural à consolidação do mercado de denim nas Américas, que tende a ocorrer nos próximos anos”, conclui Ricardo Steinbruch.

(Redação – Agência IN)