Vendas na Black Friday devem aumentar 20% este ano

Vendas na Black Friday devem aumentar 20% este ano Foto: Pixabay Vendas na Black Friday devem aumentar 20% este ano

Cada vez mais popular no Brasil, a Black Friday é conhecida por seus muitos descontos, diversas ofertas e a possibilidade de adquirir itens desejados por um preço mais acessível. A maioria das promoções é realizada para que lojas e empresas ampliem as vendas e renovem seus estoques com novos produtos para as festas de fim de ano. Eem 2017, a Black Friday acontece no dia 24 de novembro, um mês antes do Natal.

Segundo a pesquisa realizada pelo Google, a expectativa é que as vendas de 2017 aumentem de 15% a 20% em comparação ao ano passado, podendo chegar a um faturamento de até R$ 2,2 bilhões. Entre os produtos mais procurados na data, os eletrônicos e aparelhos de telefonia ganham destaque.

iPhone é o item mais desejados
Na Black Friday de 2016, livros e eletrônicos estavam entre os itens mais desejados pelos consumidores brasileiros, com destaque especial para o iPhone 7. O celular, um dos maiores sucessos da Apple, oferece diversas funcionalidades para o cotidiano, além da facilidade em manter o usuário sempre conectado - em contato com o mundo e também com as pessoas que são importantes para ele.

A tecnologia moderna tornou os celulares mais do que simples aparelhos de telefonia. Com eles, além de nos comunicarmos, fazemos pesquisas, escutamos músicas, tiramos fotografias, acompanhamos as notícias, desenvolvemos projetos, estudamos e compartilhamos momentos importantes com nossos amigos e familiares pelas redes sociais.

A linha de telefones móveis da Apple envolve tudo isso e já se tornaram os celulares mais populares do mundo. Pensando nisso, há grandes possibilidades de que o iPhone 8 esteja entre os produtos mais desejados na Black Friday 2017.

Iphone 8 nas ofertas de 2017
O iPhone 8 e o iPhone 8 Plus são os mais novos lançamentos da Apple e estima-se que eles cheguem ao mercado brasileiro até o fim do ano. Com design e tamanho muito semelhantes ao seu antecessor, o novo celular promete câmeras com efeito e iluminação de estúdio, além de um processador A11 Bionic - o mais avançado do mercado, segundo a própria Apple. 
Outra novidade do celular é a tecnologia de recarga sem fio com o novo carregador AirPower, vendido separadamente.

(Redação - Agência IN)