Unipar anuncia lucro líquido de R$ 35,5 mi no 4T16

  •  
Unipar anuncia lucro líquido de R$ 35,5 mi no 4T16 (Foto: Divulgação) Unipar anuncia lucro líquido de R$ 35,5 mi no 4T16

A receita operacional líquida da Unipar Carbocloro no quarto trimestre de 2016 (4T16) foi de R$ 209,0 milhões, 6% inferior ao 3T16, explicada principalmente pelo menor volume de vendas (8% inferior) compensado pelo aumento dos preços médios de venda, influenciados pelo aumento no preço de soda no mercado internacional (13% superior). Na comparação com o 4T15, ocorreu uma diminuição de 13% na receita líquida, explicado pela diminuição no volume de vendas (6% inferior) e pela redução dos preços médios de venda, influenciados pela desvalorização do Real frente ao Dólar no período (14% inferior), o efeito foi compensado pelo aumento do preço da soda no mercado internacional (26% superior).

Em 2016, a Companhia atingiu uma receita operacional líquida de R$ 889,7 milhões, alta de 4% em relação a 2015 (R$ 859,0 milhões). Embora o volume de vendas tenha diminuído 3%, tal efeito foi compensado pelo aumento dos preços médios de venda influenciados pela desvalorização do Real frente ao Dólar no período (5% superior) e pelo aumento no preço de soda no mercado internacional (6% superior).

Já o EBITDA (calculado de acordo com a instrução CVM Nº 527/12) no 4T16 foi de R$ 212,1 milhões, 254% superior ao registrado no 3T16. Quando comparado ao 4T15, o EBITDA foi 218% superior. Em 2016, o EBITDA foi de R$ 406,0 milhões, 72% superior a 2015 de R$ 236,1 milhões. Estes EBITDA apurados no 4T16 e em 2016 estão fortemente impactados pelos efeitos positivos de R$ 244,0 milhões de ganhos por compra vantajosa referente à aquisição da Indupa Argentina, reconhecido no 4T16, e pelos efeitos negativos de: acréscimos de provisões para processos judiciais baseados na opinião dos assessores jurídicos da Companhia, sendo R$ 27,9 milhões no 4T16 e R$ 42,3 milhões em 2016; e resultado de equivalência patrimonial em empresa Coligada de R$ 67,9 milhões no 4T16 e R$ 75,4 milhões em 2016.

O resultado financeiro líquido foi negativo no valor de R$ 50,0 milhões no 4T16, 258% superior ao 3T16 e 252% superior ao 4T15. Em 2016, o resultado financeiro líquido foi negativo no valor de R$ 99,8 milhões, 64% superior a 2015 (R$ 60,9 milhões). Tais variações são justificadas principalmente pela provisão para perda de valor recuperável da debênture emitida pela Coligada no valor de R$ 38,0 milhões, contabilizada no 4T16.

Para finalizar, o lucro líquido foi de R$ 35,5 milhões no 4T16, 84% superior ao 3T16 (R$ 19,3 milhões) e 1% inferior ao 4T15 (R$ 35,8 milhões). Em 2016, o lucro líquido foi de R$ 101,3 milhões, 15% superior a 2015 (R$ 87,8 milhões). Tais variações são justificadas pela receita com compra vantajosa referente aquisição da Controlada contabilizada no valor de R$ 244,0 milhões em dezembro de 2016 e pelo melhor desempenho operacional compensados pelo resultado negativo de equivalência patrimonial e pelas provisões referente a Coligada.

(Redação – Agência IN)