Toyota inicia operações em seu CD de Suape

Unidade terá capacidade para receber até 40 mil automóveis por ano Foto: Divulgação Unidade terá capacidade para receber até 40 mil automóveis por ano

A Toyota do Brasil realiza hoje, 30 de novembro, a cerimônia para celebrar o início das atividades de seu novo centro de distribuição, localizado próximo à área portuária de Suape, na cidade de Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana de Recife (PE). Na ocasião, estarão presentes Koji Kondo, presidente da Toyota do Brasil, acompanhado de outros executivos da montadora e Paulo Câmara, governador do estado de Pernambuco, com demais autoridades do governo e prefeitura locais.

O centro de distribuição da Toyota em Suape recebeu investimento inicial de R$ 2,4 milhões e começa a operar no próximo mês. Com área total de 23 mil metros quadrados e capacidade para receber cerca de 40 mil unidades por ano, o novo empreendimento irá aprimorar aspectos técnicos da operação logística da Toyota no Nordeste do país, atendendo de forma ainda mais eficiente os consumidores da marca na região.

A unidade de Suape distribuirá para os concessionários da região Nordeste os veículos nacionais Corolla e Etios, produzidos no interior de São Paulo, e Hilux e SW4, fabricados na planta de Zárate, Argentina.

A instalação do centro de distribuição da Toyota em Suape contribuirá para o desenvolvimento da sociedade e economia local com a geração de 40 vagas diretas e indiretas de emprego. Com a nova logística de distribuição de veículos, o impacto ambiental também será positivo devido à redução de 24% nas emissões de CO2 na atmosfera (redução de aproximadamente 1.600 toneladas de CO2 anuais). Este volume corresponde à quantidade de CO2 que uma floresta com 160 mil árvores, área equivalente a dois mil campos de futebol, absorveria por ano.

Além do centro de distribuição de Suape, a Toyota conta com operações industriais nas cidades de Indaiatuba (SP), Sorocaba (SP) e São Bernardo do Campo (SP), centros de distribuição de veículos nos municípios de Guaíba (RS) e Vitória (ES) e um centro de distribuição de peças em Votorantim (SP).

(Redação - Agência IN)