Soma de tributos pagos pelos brasileiros chega a R$ 800 bi

Às 7h30 desta terça-feira (23/4), o Impostômetro, localizado na Rua Boa Vista, em frente ao Pátio do Colégio, local de fundação da capital paulista, mostrará a cifra de R$ 800 bilhões. Isso significa que, só em 2019, os brasileiros já pagaram tudo isso em impostos, taxas, contribuições e multas para a União, os estados e os municípios.

Tributos atingem a marca de R$ 200 bilhões nesta sexta-feira, segundo ACSP

A arrecadação de tributos ― que compreendem impostos, taxas, contribuições e multas ― atingirá a marca de R$ 200 bilhões nesta sexta-feira (25/1), à 0h15. A cifra será mostrada pelo Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e corresponde ao total pago pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano. Em 2018, o número foi alcançado um dia depois (em 26/1), sinalizando elevação tímida da arrecadação, segundo Alencar Burti, presidente da ACSP.

  • Publicado em Economia

Valor pago em tributos pelos brasileiros chega a R$ 2,3 tri

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atinge, às 22h30 desta quarta-feira (19/12) ― pela primeira vez desde a implantação do painel, em 2005 ― a marca de R$ 2,3 trilhões. O valor corresponde ao total de impostos, taxas, multas e contribuições que a população brasileira pagou desde o início de 2018. Para todo o ano a projeção é de que o montante chegue a R$ 2,388 trilhões.

  • Publicado em Economia

MEI poderá pagar tributos com débito automático

O portal do Simples Nacional vai disponibilizar, a partir desta quinta-feira (18), a possibilidade de que microempreendedores individuais (MEIs) paguem o Documento e Arrecadação do Simples Nacional (DAS) por meio de débito automático.

 

SP e RJ são responsáveis por metade da arrecadação de tributos no País

Dados de um estudo da Associação Comercial de São Paulo revelam que os estados de São Paulo e Rio de Janeiro respondem por 49,86% de toda a carga tributária brasileira, ou seja, de todos os impostos, taxas e contribuições que a sociedade paga nas esferas municipal, estadual e federal. A pesquisa foi elaborada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) e revela o alto nível de concentração de renda e consumo no País.

 

Assinar este feed RSS