Demanda por investimento das MPEs volta a crescer em julho, aponta SPC Brasil

Dados do Indicador de Propensão a Investir MPE do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostram que a intenção de fazer investimentos por parte dos micro e pequenos empresários de varejo e serviços subiu de 21,37 pontos em junho para 24,20 pontos em julho, uma alta de 13,2%. Apesar da alta mensal, o resultado ficou abaixo do observado em maio (25,22 pontos) e do pico da série histórica (32,06 em maio de 2015). Na comparação com julho do ano anterior, houve uma discreta melhora, quando o indicador marcou 22,54 pontos. Quanto mais próximo de 100, maior a propensão de investir; quanto mais próximo de zero, menor a propensão.

Vendas parceladas no Dia dos Pais recuam 7,15%, aponta SPC Brasil

As expectativas pessimistas dos comerciantes brasileiros para as datas comemorativas de 2016 se confirmaram e o comércio varejista registrou uma nova queda nas vendas para o Dia dos Pais. De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), as vendas a prazo caíram 7,15%, entre os dias 7 e 13 de agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. É a terceira queda consecutiva, mas em um ritmo menos intenso que em 2015: em anos anteriores, as variações foram de -11,21% (2015), -5,09% (2014), +3,78% (2013), +4,75% (2012), +6,86% (2011) e +10% (2010).

Tendência das vendas no varejo é de quedas menores, segundo SPC Brasil

Dados divulgados nesta terça-feira (09/08) da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que apesar da estabilidade na variação mensal com um crescimento de 0,1%, o dado anual do volume de vendas do comércio varejista restrito ainda mostra forte queda de 5,3% nas vendas, a 15ª taxa negativa consecutiva. Ainda assim a queda é bem menor do que a de maio, quando foi de -9,0%. Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro, os dados reforçam o cenário de que a economia entrou em uma fase de estabilização.

Inadimplência desacelera pelo 3º mês seguido, mostra SPC Brasil

A inadimplência do consumidor voltou a dar sinais de desaceleração. De acordo com o indicador apurado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o número de brasileiros negativados atingiu 58,9 milhões no último mês de julho – o que representa 200 mil consumidores em situação de inadimplência a menos do que o apurado em junho, quando girava em torno de 59,1 milhões de devedores. Apesar da queda, esse número é considerado elevado pelos economistas do SPC Brasil por representar 39,57% da população adulta no país.

40% dos consumidores não pretendem presentear no Dia dos Pais, aponta SPC Brasil

Com a economia ainda em recessão, desemprego em alta e a inflação elevada, o consumidor brasileiro começou o segundo semestre reticente na hora de gastar com datas comemorativas. Uma sondagem feita para o Dia dos Pais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em todas as capitais, mostra que aproximadamente quatro em cada dez (38,1%) consumidores não pretendem comprar presentes neste ano. Entre os principais motivos financeiros para não presentear estão a falta de dinheiro devido ao orçamento apertado (6,2%, aumentando para 14,4% entre os jovens de 18 a 34 anos) e o fato de estar desempregado (5,0%, 11,2% entre os jovens).

Confiança dos MPEs avança 20,7%, indica SPC Brasil

O Indicador de Confiança dos micro e pequenos empresários dos segmentos do varejo e de serviços calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) avançou 20,7% na comparação entre julho e o mesmo mês do ano anterior, passando de 37,06 pontos para 44,72 pontos, atingindo o maior patamar em 15 meses de série histórica. Na comparação com junho, quando o indicador estava em 42,93 pontos, o crescimento foi de 4,2%.

Apenas 25% dos MPEs pretendem contratar até o fim do ano, mostra SPC Brasil

Uma sondagem realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que somente um em cada quatro (25,0%) micro e pequenos empresários que atuam no comércio e no segmento de serviços pretende fazer alguma contratação até o fim deste ano. Com o mercado de trabalho enfraquecido, mais da metade (59,3%) desses empresários não têm a intenção de contratar novos funcionários, seja porque não se veem atualmente em condições financeiras para aumentar a folha de pagamento da empresa (35,8%) ou por estarem com mão de obra ociosa (12,1%), uma vez que a atividade da empresa diminui nos últimos meses.    

Juros cobrados ao consumidor final podem começar a cair em 2017, prevê SPC Brasil

Dados divulgados nesta quarta-feira, 27, pelo Banco Central mostram que apesar do leve recuo de 0,6 pontos percentuais na passagem de maio para junho, os juros cobrados no rotativo do cartão de crédito seguem como um dos mais caros do mercado, chegando a 470,9% ao ano. Apesar do nível elevado, é a primeira vez desde outubro do ano passado que se observa queda nesses números. Já as taxas de juros do cheque especial cresceram 4,2 pontos percentuais entre maio e junho, atingindo 315,7% ao ano.

Assinar este feed RSS