Vendas de pneus caem 4,5% em julho

A indústria nacional de pneumáticos registrou uma queda de 4,5% em julho, em comparação ao mesmo mês de 2018. As reduções de 4,1% nas vendas para reposição e de 5,5% para montadoras levaram a esse resultado negativo. O registro foi puxado pelas quedas de 21,3% de pneus de motocicletas, 5,3% nos pneus para veículos comerciais leves e 3,8% de pneus de carga. Somente as vendas de pneus de passeio tiveram saldo positivo, superando em 1,3% os resultados de julho de 2018.

No acumulado do ano, as vendas totais apresentaram aumento de 0,2% em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a julho, as vendas para montadoras registraram alta de 6%, enquanto as vendas para reposição recuaram 1,9%. A alta nas vendas totais foi impactada pelo aumento de 4,4% de pneus de carga, de 1,5% de comerciais leves. Os pneus de motos tiveram saldo negativo no acumulado do ano, com redução de 2,9% em comparação com o mesmo período de 2018, enquanto os pneus de passeio ficaram praticamente estáveis, com queda de 0,1%. Os números fazem parte do levantamento setorial divulgado pela ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos).

"Os números indicam que o ano de 2019 não deve apresentar nenhum avanço para o setor de pneumáticos", afirma Klaus Curt Müller, presidente executivo da ANIP.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Vendas no setor de pneus cai 4,8% em abril

As vendas da indústria nacional de pneumáticos em abril de 2019 caíram 4,8% em relação ao mesmo mês de 2018. O setor de reposição também anotou queda de 7,2% no mês, ao contrário das vendas para montadoras, que subiram 1,5%. No acumulado do ano, o setor registra retração de 2,7% se comparado a 2018. Os números fazem parte do levantamento setorial divulgado pela ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos).

 

Mercado nacional de pneus fecha estável em 2018

A indústria nacional de pneus fechou o ano de 2018 praticamente estável, indicando leve alta de 0,2% nas vendas de janeiro a dezembro, em relação a 2017. Já em dezembro de 2018 foi registrada uma queda acentuada de 7,3%, se comparado ao mesmo mês do ano anterior. Os números são parte do levantamento setorial divulgado pela ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos).


Venda de pneus cresce 8,6% no terceiro trimestre

A Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP) fecha o terceiro trimestre de 2017 com alta de 8,6% na venda total de pneus nacionais em comparação a 2016. O resultado faz parte do balanço setorial divulgado trimestralmente. No consolidado do ano (janeiro a setembro), o aumento foi de 2,4% nas vendas totais em relação ao mesmo período do ano passado. "O setor acompanha a retomada do crescimento da indústria de veículos", salienta o presidente executivo Klaus Curt Müller.

Importação de pneus de carga cai 64%

De janeiro a setembro de 2016, as importações de pneus de carga (usados para equipar caminhões e ônibus), apresentaram o pior resultado dos últimos 10 anos, cedendo 64% na comparação com janeiro a setembro de 2015.

Importações de pneus aumentam em 72% desde janeiro, aponta ANIP

O mês de agosto foi marcado pelo forte aumento na importação de pneus. Comparando os dados de agosto contra janeiro deste ano, a alta é de 72% nas importações. Entre as consequências deste fenômeno está a destinação ambiental, cuja fiscalização por parte do governo ainda é ineficaz e a logística reversa dos importados gera passivo ambiental para a sociedade.

Goodyear é uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil

A Goodyear acaba de ser reconhecida como uma das Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil em 2016, entre mais de 1.000 empresas participantes. A Goodyear é a única representante do segmento de pneus e ficou entre as melhores companhias da categoria “Grande Porte” (empresas com 1.000 ou mais funcionários), no ranking promovido pelo Instituto Great Place to Work®, que aplica a mesma metodologia em 53 países no mundo.

Assinar este feed RSS