Ticket médio de compra para a Páscoa é de até R$ 30, aponta FCDLESP

A FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo) acaba de divulgar sua pesquisa de tendências de consumo para a Páscoa 2017. De acordo com a entidade, que representa mais de 150 mil lojistas no estado, 80% dos varejistas apontam que, havendo aumento de vendas, esse será de até 5%. O restante, 20%, acredita que é possível ficar entre 5% e 10%, porém, com tickets médios de compra abaixo do esperado – até R$ 30,00.

39% dos consumidores vão gastar menos na Páscoa

Com a economia ainda em recessão e o desemprego crescente, as vendas na Páscoa deste ano não devem apresentar crescimento expressivo. Uma sondagem realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais mostra que entre os consumidores que vão realizar compras na Páscoa, 39% planejam diminuir os gastos na comparação com o ano passado, principalmente as mulheres (47%). O aumento dos preços dos ovos de chocolates e demais produtos típicos do período sem que a renda também tenha crescido (42%), além do desemprego (21%), são as razões mais mencionadas entre quem acha que vai gastar menos na data comemorativa. No total, 57% dos brasileiros vão presentar alguém nesta Páscoa. Três em cada dez (28%) consumidores estão indecisos e 15% disseram abertamente que não realizarão compras.

Páscoa deve gerar cerca de 2 mil vagas temporárias

Após as liquidações de janeiro e o Carnaval, a Páscoa acaba sendo a primeira data especial do ano, que exige planejamento mais detalhado por parte do comércio varejista paulista para adequar seu caixa, estoque e seu quadro funcional visando atender as demandas dos consumidores. Para o feriado deste ano, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) projeta que o setor deva gerar cerca de 2 mil postos de trabalhos, principalmente nos segmentos de supermercados e lojas especializadas.

Preço de ovos de Páscoa pode variar em até 106,57%

Com objetivo de orientar e oferecer uma referência ao consumidor, o Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, fez levantamento de alguns produtos específicos de Páscoa. Entre os ovos, a maior diferença constatada foi de 106,57% no ovo de Páscoa ao leite de 150g da Arcor, cujo preço variou de R$ 15,97 a R$ 32,99.

Vendas na Páscoa devem crescer 1,3%, estima CNC

A Páscoa deverá movimentar R$ 2,1 bilhões no país, um crescimento de 1,3% em volume de vendas – já descontada a inflação –, na comparação com 2016. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Este pode ser o maior aumento real de faturamento para o período desde 2014, quando o volume de vendas cresceu 2,6%.

6 destinos para passar o feriado de Páscoa

Passado o Carnaval, os turistas brasileiros já começam a se programar para a próxima folga, o feriado de Páscoa. A data, adorada por adultos e crianças, é uma boa oportunidade para viajar com a família dentro do Brasil.

  • Publicado em Viagens
Assinar este feed RSS