Produção de motocicletas recua de 0,3% em abril

O setor de motocicletas continua em ritmo de crescimento. Dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares - Abraciclo mostram que em abril saíram das linhas de produção 91.220 unidades, aumento de 3,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado (88.422 unidades). Na comparação com março passado (91.537 unidades), houve um recuo de 0,3%.

Produção de motocicletas supera 100 mil unidades em fevereiro

A produção de motocicletas nas fábricas do Polo Industrial de Manaus - PIM totalizou, em fevereiro, 101.243 unidades, representando uma alta de 21,1% em relação ao mesmo mês do ano passado (83.632 unidades) e de 20,5% na comparação com janeiro (84.006 unidades). Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares - Abraciclo, nos dois primeiros meses do ano foram fabricadas 185.249 unidades, correspondendo a um aumento de 12,3% em relação a igual período de 2018 (164.938 unidades).

Indústria de motocicletas mantém alta em Janeiro

Em janeiro, as fabricantes de motocicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM produziram 84.106 unidades, o que representa alta de 3,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado (81.306 motocicletas). De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, esse volume também é 24% superior na comparação com dezembro passado (67.812 unidades).

Indústria de motocicletas supera marca de 1 mi de unidades

A produção de motocicletas fechou 2018 em alta, seguindo a curva de crescimento registrada durante todo o ano. De acordo com dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares - Abraciclo, de janeiro a dezembro do ano passado foram fabricadas 1.036.846 unidades no Polo Industrial de Manaus - PIM. O volume representa alta de 17,4% em relação ao total de 2017, quando saíram das linhas de produção 882.876 motocicletas.

Triumph cresce 11% em 2018 e projeta aumento de vendas

A Triumph Motorcycles deverá fechar o ano de 2018 com um total de, aproximadamente, 4.400 motocicletas comercializadas no varejo, o que representará um crescimento de 11% sobre as 3.949 unidades vendidas no ano passado. Além disso, a participação de mercado da marca atingiu um percentual de 13,55% das vendas dentro do seu segmento (motocicletas acima de 500 cc) no período - é a terceira maior participação alcançada pela Triumph no planeta, só perdendo para Inglaterra e Índia. Em 2017, a participação da marca já estava acima da sua média mundial, atingindo 12,8%. 'Com esse ótimo resultado, a Triumph do Brasil, assim como no ano passado, foi a subsidiária da marca que mais cresceu no mundo todo, demonstrando que o trabalho realizado pela nossa equipe e pela Rede está no caminho certo', explica Waldyr Ferreira, General Manager da Triumph no Brasil.

Produção de motocicletas deverá crescer 4,3% em 2019

A produção de motocicletas manteve a curva ascendente entre janeiro e novembro de 2018. Neste período, foram fabricadas 968.860 unidades, o que representa alta de 19% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando saíram das linhas de montagem das fábricas instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM 813.868 unidades. Os dados são da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo.

  • Publicado em Economia

Produção de motocicletas cresce em setembro

De janeiro a setembro deste ano as fabricantes de motocicletas produziram 777.091 unidades, volume 19,2% superior ao mesmo período de 2017, quando saíram das linhas de produção 652.092 unidades, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo.

Triumph do Brasil encerra ano fiscal 2018 com maior crescimento da marca no mundo

A Triumph do Brasil fechou seu ano fiscal 2018 (1º de julho de 2017 a 30 de junho de 2018) com um volume de 4.244 motocicletas vendidas no varejo, o que representou um crescimento de 9% sobre as 3.949 unidades comercializadas no ano fiscal anterior (1º de julho de 2016 a 30 de junho de 2017). “Com este resultado, fomos a subsidiária da Triumph com o maior crescimento no mundo”, afirma Waldyr Ferreira, General Manager da Triumph no Brasil. No mundo todo, a Triumph vendeu mais de 61.000 motocicletas.

Assinar este feed RSS