Expectativa de Inflação avança pela alta da carne

A expectativa de inflação dos consumidores brasileiros para os próximos 12 meses variou 0,2 ponto percentual (p.p.), para 5,0% no mês de janeiro, interrompendo a tendência de queda iniciada em agosto de 2019, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Em relação ao mesmo mês do ano anterior, houve estabilidade nas expectativas.

  • Publicado em Economia

IPC-Fipe acelera para 0,78% na 1ª quadrissemana de 2020

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) que mede a inflação na cidade de São Paulo, acelerou 0,78% na primeira quadrissemana de janeiro, em sua primeira prévia em 2020, inferior ao índice de dezembro de 2019, que foi de 0,94%, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (13) pelo Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

  • Publicado em Economia

IPCA em janeiro deve desacelerar, aponta MUFG

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira, 10, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro e do acumulado de 2019. Segundo o IBGE, o IPCA de dezembro subiu 1,15%, enquanto houve alta de 4,31% durante todo o ano passado.

 

  • Publicado em Economia

Em dezembro, INPC sobe 1,22% e acumula 4,48% em 2019

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de dezembro subiu 1,22%, contra 0,54% em novembro, informou nesta sexta-feira (10) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este resultado foi o maior para um mês de dezembro desde 2002, quando o índice foi de 2,70%. Em dezembro de 2018, a taxa foi de 0,14%.

  • Publicado em Economia

IPCA varia 1,15% em dezembro e acumula alta de 4,31% em 2019

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro subiu 1,15%, enquanto, em novembro, havia registrado 0,51%, divulgou nesta sexta-feira (10) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este foi o maior resultado para um mês de dezembro desde 2002, quando o IPCA ficou em 2,10%. Em dezembro de 2018, a taxa foi de 0,15%. No ano, o IPCA acumulou variação de 4,31%, 0,56 p.p. acima dos 3,75% registrados em 2018.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS