Blau Farmacêutica tem receita líquida de R$ 819 mi

A Blau Farmacêutica, uma das principais empresas farmacêuticas brasileiras do segmento hospitalar (Non Retail), registrada desde janeiro na CVM como Companhia Aberta em Categoria "A", publicou ontem, 9, no site da Comissão de Valores Mobiliários, seus resultados consolidados. No 1o trimestre de 2019 (1T19), a indústria alcançou uma Receita Líquida de R$ 188 milhões, ou seja, 23,9% acima quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Em relação aos últimos 12 meses, a Receita Líquida atingiu R$ 819 milhões e o Lucro Líquido R$ 129 milhões, representando um crescimento de 29,1% e 17,8% respectivamente.

Ebitda da ePharma cresce 16,3% em 2018

Com a bem sucedida reinvenção do plano de negócios, a ePharma atingiu em 2018 a melhor performance financeira da sua história. De acordo com os dados, o Ebtida - lucros sem contabilizar juros, impostos, depreciação e amortização - cresceu 16,3%, saltando de R$ 9,5 milhões para R$ 11,1 milhões em um ano. O número de transações em vendas superou os 30 milhões, movimentando R$ 1,2 bilhão. Os resultados constam no relatório anual da empresa.

Roche anuncia crescimento de 7% em 2018

A Roche anunciou, nesta quinta-feira (31), o crescimento de 7% nas vendas do Grupo em 2018, atingindo 56,8 bilhões de francos suíços. As principais soluções determinantes para o crescimento da divisão farmacêutica foram o novo medicamento para esclerose múltipla, Ocrevus® (ocrelizumabe); e os medicamentos para câncer, Perjeta® (pertuzumabe), Tecentriq® (atezolizumabe) e Alecensa® (alectinibe), além de Hemcibra® (emicizumabe), com foco no tratamento de hemofilia. Com vendas de 2,4 bilhões de francos suíços no primeiro ano de lançamento nos principais mercados, Ocrevus® (ocrelizumabe) é o novo produto cujo lançamento teve maior sucesso na história da Roche.

Novartis anuncia novo CEO no Brasil

A farmacêutica Novartis anuncia Alexandre Gibim como novo CEO no Brasil. O executivo assume a liderança do grupo e chega com a missão de potencializar as oportunidades do negócio, com o lançamento de cerca de 50 produtos nos próximos cinco anos, ampliar o acesso a medicamentos inovadores e trabalhar para criar um ambiente de colaboração entre os vários negócios da companhia no Brasil.

Vendas líquidas da Boehringer crescem 15,7%

A Boehringer Ingelheim (BI), uma das 20 principais companhias farmacêuticas do mundo, alcançou excelentes resultados financeiros no ano de 2017, apresentados na Conferência Anual de Imprensa, sediada em Ingelheim, na Alemanha, no último dia 25. Todas as divisões de negócios contribuíram para o crescimento das vendas líquidas da farmacêutica, que chegaram a cerca de 18,1 bilhões de euros, representando um aumento de 15,7%.

AstraZeneca tem novo Diretor de Oncologia no Brasil

A AstraZeneca, empresa biofarmacêutica global, voltada para inovação, com foco principal na descoberta, desenvolvimento e na comercialização de medicamentos de prescrição, principalmente para o tratamento de doenças em três principais linhas terapêuticas - Oncologia, Doenças Cardiovasculares & Metabólicas e Respiratório, anuncia Marcelo de Holanda como seu novo diretor da Unidade de Negócios de Oncologia no Brasil.

Assinar este feed RSS