Comissões vão discutir incentivo à produção de frutas

As comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; e de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural promovem audiência pública nesta terça-feira (8) com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, e o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Mauricio Antonio Lopes.

Consumo de frutas deve ser democratizado entre brasileiros, diz Kátia Abreu

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou nesta terça-feira (8) que o Mapa pretende democratizar o consumo de frutas entre os brasileiros. A declaração foi feita durante lançamento do Programa Nacional de Combate à Mosca-das-Frutas, que vai investir R$ 128 milhões para aumentar a qualidade, a segurança fitossanitária e o consumo de frutas pelos mercados interno e externo.

Consumo de frutas feias pode reduzir desperdício

Dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU) apontam que 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são perdidos ou desperdiçados anualmente em todo o mundo. Desse total, 54% dos descartes acontecem nas fases de produção, manipulação, pós-colheita e armazenagem, enquanto 46% ocorrem durante o processamento, distribuição e consumo. De acordo com a equipe da revista Hortifruti Brasil, do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, uma das formas de conter o desperdício – descarte intencional de alimentos – é incentivar o consumo de produtos fora do padrão. 

Chile anuncia comércio de frutas cítricas no Brasil

Cercado por fronteiras naturais como o Deserto do Atacama ao norte, a Cordilheira dos Andes ao leste, o Oceano Pacífico a oeste e a fria região da Patagônia ao sul, o Chile tem defesas naturais que o deixam praticamente livre de pragas e doenças. A zona produtora privilegiada somada a tecnologias desenvolvidas e empregadas no cultivo de suas terras, o país é referência na produção de alimentos de alta qualidade e indiscutivelmente seguros.

 

Índice Ceagesp sobe 1,95% em junho

Impulsionado principalmente pelas elevações de preços no setor de frutas e pelas expressivas altas da cebola e batata, o Índice de preços da Ceagesp registrou aumento de 1,95% em junho. Legumes, verduras e pescados registraram retração dos preços praticados.

Preço das frutas mantém tendência de queda, aponta Conab

As frutas mais comercializadas nas principais centrais de abastecimento do país no mês de maio apresentam queda nos preços comercializados, enquanto que as hortaliças não apresentam um comportamento uniforme. É o que mostra o 3º Boletim Conab/ Prohort – Comercialização de Hortigranjeiros e Frutas nas Centrais de Abastecimento (Ceasas), divulgado nesta segunda-feira (22) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Conab divulga índice de preços das frutas e hortaliças

O boletim publicado nesta quinta-feira (16) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) atualiza os preços médios das principais frutas e hortaliças comercializadas nas Centrais de Abastecimento (Ceasas). O levantamento é feito nos mercados atacadistas por meio do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort), executado pela Conab, e será divulgado mensalmente pela Companhia.

Mandioca está mais em conta esta semana

Semanalmente a CEAGESP (Companhia de Entreposto e Armazéns Gerais de São Paulo) prepara uma lista com produtos com os preços em baixa, estáveis ou em alta, para você se alimentar bem e economizar mais. Confira a lista dos produtos:

Assinar este feed RSS