Faturamento do setor de serviços cresce 12,8% em novembro, aponta FecomercioSP

Pelo 11º mês consecutivo, o faturamento real do setor de serviços na cidade de São Paulo apresentou alta no comparativo anual. Em novembro, as receitas atingiram R$ 24,8 bilhões, aumento de 12,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, o que representa R$ 2,8 bilhões a mais em vendas. É a segunda maior cifra registrada em um mês de novembro pelo setor de serviços paulistano desde o início da série histórica da pesquisa, em 2010. No acumulado do ano, o faturamento real cresceu 5,9%, chegando a R$ 261,2 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, a alta nas receitas foi de 5,3% - quinto resultado positivo consecutivo, depois de um período de 22 meses registrando quedas.

BC acerta ao reduzir Selic para 7,5%, aponta FecomercioSP

Para a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o Banco Central (BC) foi sensato e acertou ao reduzir a Taxa Selic em 0,75 ponto porcentual (p.p.), passando de 8,25% para 7,5% ao ano. O ritmo de queda nas cinco reuniões anteriores foi de 1 ponto porcentual, trazendo, conforme projeção da FecomercioSP, a Selic para um dígito logo no início do segundo semestre e se aproximando ainda mais do patamar de 7%, que é exatamente a projeção da Entidade para o fim do ano.

Custo de vida na região metropolitana de São Paulo recua 0,32% em junho

Os preços dos produtos e serviços na região metropolitana de São Paulo (RMSP) recuaram 0,32% em junho, a maior queda registrada desde o início da série histórica, em dezembro de 2010. Os dados são da pesquisa Custo de Vida por Classe Social (CVCS), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Com esse desempenho, o indicador acumulou alta de 0,90% no primeiro semestre deste ano. No mesmo período de 2016, o CVCS apontava elevação de 4,41%, enquanto no acumulado dos últimos 12 meses houve alta de 3,02%, ante os 9,64% observados no mesmo período do ano passado.

Confiança dos consumidores paulistanos cai 2,3%, aponta FecomercioSP

Diante do aprofundamento da crise e do clima de incerteza que se instalou no País em razão dos últimos desdobramentos no cenário político, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) mediu seus impactos sobre o humor dos consumidores paulistanos.

Varejo do Estado de São Paulo elimina 30.797 empregos formais, mostra FecomercioSP

Pelo quarto mês consecutivo, o comércio varejista do Estado de São Paulo apresenta encolhimento no quadro de funcionários. Em março, foram fechados 9.949 postos de trabalho, resultado de 71.449 admissões contra 81.398 desligamentos. Apesar do saldo negativo, a eliminação de vagas foi menor do que a registrada em março de 2016, quando 13.277 empregos foram extintos. Com o resultado, o varejo encerrou o mês com um estoque total de 2.052.514 trabalhadores, queda de 1,5% na comparação com março de 2016. No acumulado dos últimos 12 meses, foram eliminados 30.797 empregos com carteira assinada.

Cerca de 53% das famílias paulistanas afirmam estar endividadas em abril, aponta FecomercioSP

Pelo segundo mês consecutivo, a proporção de famílias paulistanas endividadas subiu. Em abril, 52,9% das famílias declararam ter algum tipo de dívida, alta de 2,7 pontos porcentuais (p.p.) na comparação com março, quando 50,2% afirmaram ter dívidas. É o maior número de famílias endividadas desde setembro de 2015, quando 54,7% das pessoas estavam nessa situação. Em relação a abril de 2016, quando essa parcela era de 51,1%, houve elevação de 1,8 ponto porcentual. Em números absolutos, o total de famílias endividadas passou de 1,941 milhão em março para 2,046 milhões em abril, sendo que em abril de 2016, esse número era de 1,962 milhão. Comparando abril ano a ano, o aumento de famílias endividadas foi de 83 mil. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Assinar este feed RSS