O caminho da criatividade

Criatividade é a capacidade de dar origem a algo que o indivíduo nunca tenha visto ou ouvido de outra pessoa e que possua algum tipo de funcionalidade, para si ou outros.

Criatividade e inovação à prova de crise

O ano de 2016 é marcante para o país. Crise, impeachment e agora expectativa em relação ao novo governo. Situações como essas mostram a importância das empresas estarem preparadas para lidar com as crises. “Essa não será a primeira nem a última que o Brasil vai enfrentar. O essencial é ser criativo e estar forte o suficiente para encarar e superar esses desafios. Mais que isso, é de suma importância estar aberto a ajustes. Ajustes de processos, ajustes de pessoas, ajustes de produtos, ajustes, até mesmo, do próprio negócio como um todo”, destaca a Master Coach da Effecta Coaching, Janaina Manfredini. A Censi Sistemas Hidrossanitários pode ser um exemplo de como fazer isso. O diretor presidente da corporação, Paulo Censi, lembra que já superou momentos difíceis. Nos anos 1980, a construção civil passava por uma crise. Cansado da instabilidade, mudou todos os seus conceitos e planejou uma forma diferente de trabalho. “Abandonei as grandes instalações e me dediquei a realizar apenas consertos. Fazia parte do meu planejamento, prestar um atendimento diferenciado em domicílio, ou seja, encantar o cliente com um trabalho nunca realizado na área”, conta.

Número de trabalhadores criativos cresceu 90% em dez anos

O mercado de trabalho da indústria criativa cresceu 90% entre 2004 e 2013 - bem acima do avanço de 56% do mercado de trabalho brasileiro no período – e hoje possui 892,5 mil profissionais formais. Neste contexto, o mercado criativo se expandiu não apenas em números absolutos, mas também em termos relativos: a participação da classe criativa no total de trabalhadores formais brasileiros alcançou 1,8% em 2013, ante 1,5% em 2004.

Assinar este feed RSS