Com junho estável, aviação nacional encerra semestre em alta de 6,6%

O sucesso da organização da Copa do Mundo de futebol desde seu início e a ausência de transtornos nas cidades brasileiras animou os fãs. A substituição do fluxo usual de passageiros durante o mês de junho ocorreu em volume um pouco maior do que as expectativas preliminares do setor, contribuindo para um ligeiro aumento na demanda por transporte aéreo doméstico em relação ao mesmo mês de 2013. A variação positiva de 0,4% levou a uma demanda total de 7 bilhões de RPKs (passageiros-quilômetros transportados) no período. Com isso, a demanda consolidada no primeiro semestre de 2014 fechou, por sua vez, em 44,7 bilhões de RPKs, um avanço de 6,6% sobre o ano anterior. Vale lembrar que os números de junho captam apenas parte do movimento relacionado ao evento esportivo, iniciado no dia 12.

Rosetta Stone cresce 70% em empresas e educação no 1º tri

A Rosetta Stone - líder mundial em soluções tecnológicas para educação, com usuários em mais de 150 países - anunciou os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2014. A companhia apresentou crescimento e progresso continuado, especialmente, na divisão de Empresas e Educação (E&E), demonstrando crescimento de 70% em suas vendas. Os resultados vindos das empresas adquiridas em 2013 - entre elas, a rede social Livemocha, que conta com mais de três milhões de alunos no Brazil - também superaram expectativas.

Setor de moda íntima feminina cresce 33% nos últimos quatro anos

Vaidade e inovação estão entre as principais características femininas. Isto posto, as mulheres passaram a investir cada vez mais em moda íntima para surpreender seus parceiros. Estudos apontam que, em média, 63% delas gostam de apostar em uma nova lingerie para sua primeira noite. Estrelas de Hollywood não fazem questão de economizar para agradar seus namorados ou maridos. Katie Holmes é uma das atrizes que já chegou a gastar até R$ 30.000,00 com lingeries e roupas íntimas.

BC: crescimento da economia abaixo do potencial ajuda no combate à inflação

A economia está crescendo abaixo do seu potencial, o que ajuda a controlar a inflação, avaliou hoje (26) o diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Carlos Hamilton Araújo. Segundo ele, a economia está passando por um processo de transição e uma das características desse rebalanceamento é a moderação no consumo das famílias. Com a menor demanda, há menos pressão inflacionária. “Por algum tempo, a economia vai ter taxa de crescimento menor do que tínhamos há alguns anos, provavelmente abaixo do potencial”, disse Araújo.

Assinar este feed RSS